A Primeira Bancada e Ensaios (1)

6 de março de 2016

Antes de fazer as nossas reais bancadas, decidimos lançar alguns pequenos pedaços, a fim de testar a nossa mistura e nossa técnica. Nós fizemos um molde 30x30x4cm quadrado (4cm de espessura), que é a espessura que as nossas bancadas terão. Para este teste, decidimos tentar colocar alguns pedaços de vidro coloridos no fundo do molde antes de derramar em uma mistura de concreto feito com vidro claro. Queremos usar esta técnica, em vez de apenas misturando o vidro colorido por toda parte, porque só temos um pouco de algumas cores como conservas-frasco azul e vamos precisar usá-lo para o efeito máximo. Isso também nos permite controlar, até certo ponto, o padrão de vidro que aparece na bancada acabado.

Nós recorremos a mãe de Liz para ajudar a esmagar alguns pedaços de vidro verde para o teste. Não vale a pena usar o triturador de vidro para uma quantidade tão pequena, tão Peggy apenas quebrou-se com um martelo em uma grande rocha plana. Em seguida, ela organizou cuidadosamente as peças do molde. Nós também fizemos um padrão com uma foto de cima para baixo (não mostrado), que iremos comparar mais tarde para a peça acabada para ver o quanto as peças movimentados como o concreto foram colocados. A bancada está moldados de cabeça para baixo, de modo que o vidro sobre o fundo do molde vai acabar na superfície superior.
 
Nós misturamos o concreto de cimento Portland branco, esmagado vidro transparente, areia, e uma mistura bancada de concreto comercial que fortalece o concreto e reduz a quantidade de água que precisamos. A mistura de concreto precisa ter a quantidade certa de água - se não tem água suficiente não irá fluir completamente e se ele tem muita água vai ser mais fracos e mais propensos a encolher e irá fissurar.

ENSAIO CASEIRO
A fim de verificar o teor de água foi realizado um teste de queda com um copo de plástico. Nós enchemos um copo com concreto, batemos algumas vezes para aglutinar e se corta um pequeno buraco no topo para deixar o ar entrar  e viramos com concreto e puxa-se o copo para cima. O cone de concreto cai e a resultante foi quase tão alta como o molde (copo) ; se não cair muito veja que estará tudo muito seco! veja as fotos abaixo:


 
Depois de adicionar um pouco mais de água e misturando novamente, nós fizemos um outro teste queda. Desta vez, o concreto caiu para cerca de 60% da altura do copo, que deve ser apenas sobre a direita.
Nós cuidadosamente colocamos o concreto no molde, tentando não perturbar o vidro verde. Se encheu o molde cerca da metade para o concreto neste ponto de água.
 
A fim de consolidar o concreto e para incentivar as bolhas de ar a subir para a superfície, Peggy vibrou o molde tocando em torno das bordas com um martelo, batendo na lateral que sobressai da forma.
 
Depois de tocar por um minuto ou assim, o concreto tinha ficado bom e as bolhas de ar subiram à superfície. Se não vibrar suficientemente, as bolhas de ar permaneceram e as bolhas que estão na parte inferior do molde se tornaram orifícios no topo do concreto (que se conserta se enchendo depois se isto for necessário). E queremos que o líquido  fluia em torno de todas as peças verdes que nós colocados no molde de modo que eles estão bem encaixado no concreto. Mas se nós vibramos muito, os sólidos vão sair para fora da mistura e poderíamos acabar com não o suficiente cimento "creme" na parte inferior para fazer uma superfície dura. A foto abaixo mostra o que julgamos ser de o certo.
Com a primeira camada consolidada, que colocado no resto do concreto é alisada com uma vara. Nós calculamos a quantidade de mistura que deve apenas preencher o molde e como se perde uma parte devido a algum material que agarra ao balde e ferramentas é bom adicionar cerca de 10% extras de concreto.
 
Aqui está a peça acabada no molde depois de um pouco mais de vibração. Nós vamos cobri-lo com plástico para evitar a perda de umidade rápido, e deixá-lo em repouso durante 4 dias para curar antes de removê-lo do molde.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010