1 2 3 4

Video de fabricação de estacas protendidas na Espanha - Terratest


http://www.terratest.com/

Vale  ver este vídeo de produção das estacas protendidas e não deixe de visitar seu site.


Leia Mais

110 planilhas em Excel

Conteúdo do Arquivo:(alguns são bons para estudo)

1.-Calculo de canal
2.-ACI columnas cuadradas
3.-Area de Varillas de Acero
4.-Bombas
5.-Calculo de la capacidad portante
6.-Calculo Hidráulico
7.-Calculo Hidrológico
8.-Calculo de presiones circuito
9.-Calculo Red Alcantarillado
10.-Análisis Estructural Cargas Equivalentes
11.-Diagrama de presiones de Agua potable
12.- Dimensionamiento de Tanques
13-.Diseño de Columnas
14.-Diseño de linea de conducción
15.-Diseño de Estribos
16.-Diseño Mezclas
17.-Diseño Puente Viga Losa
18.-Diseño de Sedimentador
19.-Diseño de Tanque Séptico
20.-Diseño de muro de contencion

Baixe aqui:http://minhateca.com.br/clubedoconcreto/110+planilhas,119706325.rar(archive)

http://www.civilmac.com/2014/04/plantillas-de-excel.html
Leia Mais

Passo a passo do contrapiso

O contra piso é uma camada de argamassa lançada sobro uma base (laje estrutural ou lastro do concreto} para regularização. A espessura varia de 2 a 6 cm, dependendo da função. Para contra pisos internos de edifícios habitacionais e comerciais, utilizam-se 200 a 250 kg/m3 de argamassa. Os traços de cimento e areia úmida são de 1:5 a 1:7 (em média), mas o traço 1:6 é bastante usual.

Giiolo Cichinelli
Equipo de Obra  Abril/2005
Apoio  Kallas Engenharia


Leia Mais

Que tipo de procrastinador é você?

Enviado por Andrea Prima onde deixou o seu comentário sobre a postagem "Produtividade - 16 atitudes":

Onde aproveitando o assunto, a quem interessar, nos forneceu um link para um teste onde podemos identificar o seu tipo de procrastinador:

http://www.playbuzz.com/sidartal10/que-tipo-de-procrastinador-voc

É baseado no livro de uma psicóloga chamada Linda Sapadin (“It’s About Time!: The Six Styles of Procrastination and How to Overcome Them”, Penguin Books, 1997).

É hora de começar um projeto que parece interessante. No entanto, você ainda não começou. Por quê?
Leia Mais

Como corrigir o teor de água no traço inicial?


Digamos que tenhamos um traço inicial (que pode ser obtido com os percentuais enquadrados na curva de Fuller, ou por quaisquer outros métodos) e que procuramos obter um teor de água inicial para esta mistura. 

Inicia-se com um teor estimado por fórmulas, gráficos ou por tabelas de recomendações, as sugestões estão logo abaixo, para concreto plásticos.Este teor de água é função direta da trabalhabilidade exigida, que normalmente está ligada ao tipo de vibração/equipamento/regulagens entre outros.

Para os concretos semi secos convém se adotar um teor de sete por cento como teor de água para o traço inicial, este teor varia em função da CURA e do EQUIPAMENTO DE PRODUÇÃO, portanto este teor pode ser menor. O raciocinio é lógico se a cura é controlada o teor é menor, se não é controlada este teor á maior para possibilitar a hidratação do cimento.

Veja mais aqui em Água de Amassamento:
http://www.clubedoconcreto.com.br/2013/05/agua-de-amassamento-2.html

Aqui estão as estimativa por Fórmulas:

-Fórmula 1
W=235*St^0.10 / ((DMT)^0.18) 

W= água em lts/m3. 
St= abatimento em mm para concreto semi seco. DMT=dimensão máxima teórica em mm previamente calculado.(ver publicação de DMC e DMT)


-Fórmula 2

Esta fórmula relaciona a dimensão máxima teórica/tipo de cimento e slump(trabalhabilidade)
(115.75-30.4*LOG10(DMT em mm))*POTÊNCIA(slump em mm;0.1)*POTÊNCIA(tipo de cimento;0.15)

Estimativa por tabela:

-Tabela 1
-


-Tabela 2


-Gráfico



Com a mistura do traço inicial adicionamos um certo teor de água inicial (aprox. 80%) e se adiciona a água em etapas, até se obter a trabalhabilidade requerida, vale lembrar que os aditivos devem estar nesta mistura dos 80% iniciais.

Se desejamos obter o teor de água, faz-se misturas com vários teores de água até obtermos a trabalhabilidade requerida. 

Se desejamos obter o teor de aditivo, faz-se misturas com vários teores de água mais aditivo e deve ser moldado corpos de prova para estes teores a fim de se obter um julgamento.O teor de aditivo deve estar relacionado com o peso do cimento e deve ter sido colocado nos 80% iniciais da água.

É claro que antes de iniciar os trabalhos, o equipamento deve estar lubrificado, ou seja deve ter sido realizado pelo menos dois traços mas, esta quantidade pode ser maior porque depende do percurso de perdas de argamassa.

Pode parecer trabalhoso, muitos querem PULAR esta etapa que considero ser uma das mais importantes, que é a procura do teor de água/materiais secos do prof Lobo Carneiro.

Aqui também fica como conclusão que  cada equipamento de produção, com uma determinada regulagem, tem um determinado teor de água materiais secos para uma determinada mistura.

Levei muito tempo e tive muito trabalho para chegar a esta conclusão que deve ser o principio para se fazer uma dosagem para qualquer produto. Bom proveito e mãos a obra....

Eng Ruy Serafim de Teixeira Guerra
Leia Mais

Traços rico, médio e pobre??

O Método de dosagem do concreto que venho divulgando é bastante simples e versátil, mas como digo temos de ter paciência para faze-lo. Esta dosagem é realizada com quatro traços, e porque não é três como a dosagem do IPT/EPUSP  que é realizado com os traços rico, médio e pobre?

 diagrama do método IPT/EPUSP

Precisa-se obter a curva de correlação de água/cimento a/c versus resistência com os materiais disponíveis e com isso se obter a sua fórmula para se realizar qualquer traço de mesma trabalhabilidade, mas sempre com o cuidado de analisar o teor dos finos para que a mistura seja trabalhável.  

Se realiza com quatro porque se obtêm melhores resultados, se for em três quando um resultado não sai bem a curva é falseada e o desvio acaba sendo bem maior.

Um dos maiores (se não for o maior) tecnólogos sobre dosagem Jay Shilstone, também o realiza desta mesma forma, que é mais lógica. 

Pense: Como traçar uma curva com menor dispersão com apenas três pontos?

Se utilizar este método não seria  melhor assim: 1:3 (muito rico), 1:3,5 (rico), 1:5 (muito pobre) e 1:4,5 (pobre)

Eng Ruy Serafim de Teixeira Guerra 


Leia Mais

Passo a passo - Assentamento de Pisograma


Pisograma (pavigrama, concregrama e outros) é um piso feito do concreto, com formato de grelha, para aplicação em áreas externas. Ele amplia a área verde do residências e edifícios, pois contêm espaço para plantio de grama, e é bastante utilizado em estacionamentos de veículos e passagens de pedestres.

As principais vantagens do seu uso são a criação de áreas permeáveis que ajudam a água a escoar para a terra e a redução do calor, já que sua superfície retém pouco os raios solares. Além disso, por conter grama evita a formação de poças de lama. O resultado final é uma ótima aparência. 

Existem diversos modelos de pisograma no mercado e a aplicação á fácil e rápida. No entanto, para garantir o alinhamento correto das peças, é necessário cercar a área onde as placas serão encaixadas, com tábuas de madeira, No trecho do percurso de pedestres o preenchimento do vão é feito com meia-peça de piso intertravado.

Materiais: Para fazer a instalação, é necessário ler em mãos esquadro, martelo de borracha, trena, machadinha de jardinagem, régua de alumínio, nível de bolha, linha de pedreiro, colher de pedreiro, vassoura, enxada, soquete e carrinho de mão.


Equipe de Obra num10 março/abril 2007
Daniele Rissi
Leia Mais

Passo a passo armadura para pilares


A armadura é composta por barras de aço, esta armadura deve ser bem-executada para garantir a segurança do edifício e dos pré-fabricados e se evitar problemas, como a corrosão, fissuras, manchas e deformações.

A armadura de um pilar é feita de estribos presos a vergalhões com arames recozidos duplos. Tudo deve ser feito de acordo com o projeto da estrutura, que determina o tipo de aço, as bitolas, o dimensionamento e o posicionamento das barras. 

As principais ferramentas utilizadas são uma bancada de madeira, dois cavaletes, tesoura para cortar aço, chave de dobrar aço, cavalete (para montar a armadura}, mesa (para dobrar o estribo), torquês, manivela, esquadro, lápis, giz, metro, chave para desamassar aço e arame recozido. Não esqueça de usar óculos, capacete e luvas.




Você pode ver aqui os tipos de pontos que podem ser dados em uma armadura e como fazer:


A colocação de espaçadores ou distanciadores garante que a armadura fique bem centralizada dentro da fôrma. Os espaçadores plásticos são mais práticos do que os de concreto e argamassa.

Lembre-se; os espaçadores de ferro são proibidos, pois podem provocar ferrugem a armadura.

Reportagem da Revista Pini.
Valentina Figuerola
Equipe de Obra n" 2, Julho/2005
Apoio técnico: Marcelo Duarte, professor  Escola Orlando do Senai- SP

Leia Mais

Cobrimentos - Eng Marcos Carnaúba


DURABILIDADE – INTERPRETAÇÕES - LETRAS MIÚDAS DA NBR 6118:2014

Circulou no grupo calculistas - Bahia:

Baixe aqui:http://minhateca.com.br/clubedoconcreto/27A14-COBRIMENTOS-ESTRUTURAS-OUTUBRO+2014,115196440.pdf


Caros
Em julho de 2013 divulguei por aqui uma síntese pertinente a cobrimentos definidos pela NBR 6118:2003. Surgiu aquela pílula – nome criado pelo colega Luiz Eduardo Martins – fruto da observação regional de dificuldades do perfeito entendimento daquelas exigências normativas, geralmente pouco acatadas em algumas regiões do Brasil.
Com o viger da NBR 6118:2013 está ali registrado que cobrimento de armaduras é“critério de aceitação” – do projeto. Ressalte-se, mais uma vez, que normas da ABNT têm força de lei sob o amparo do Código do Consumidor (Lei N.8.078:1990), e já eram exigidas para obras públicas pela Lei 4.150:1962.
Preparei, então, a versão 27A14 atualizando o que reza a NBR 6118:2013 buscando interpretar o que consta das entrelinhas, o que entendi deveria ser destacado, e um tópico, importante, omitido pelas duas versões de 2003 e 2013.
Peço aos colegas que divulguem esse material junto aos SINDUSCONs, universidades, CREAs, CAUs, ABENC, clientes e aos calculistas que não pertencem aos nossos grupos.
Abraços caetés
Marcos Carnaúba
Eng.º Civil Crea 3034 D - PE/FN
Leia Mais

Domos de concreto construídos sem estruturas de apoio


Veja em: Redação do Site Inovação Tecnológica - 21/07/2014

O domo de demonstração tem 2,90 metros de altura, mas os engenheiros afirmam ser possível construir estrutura com 50 metros de altura.[Imagem: TU Vienna]

Construção de concreto sem vigas de sustentação


Quase não se constroem mais conchas, abóbodas e arcos de concreto ou pedra, sobretudo porque esse tipo de construção requer estruturas de apoio grandes e caras, geralmente de madeira.


Dois engenheiros da Universidade de Tecnologia de Viena, na Áustria, pretendem agora reviver essas possibilidades arquitetônicas graças a uma nova técnica de construção que elimina por completo a necessidade de estruturas de sustentação durante a construção.


A laje de concreto é fabricada da forma tradicional, plana, e endurece sobre o solo. Em seguida, infla-se um colchão de ar por baixo da placa, vergando o concreto e formando rapidamente uma concha que se sustenta por si própria - os engenheiros chamam o princípio de "cunha pneumática".


"É semelhante a uma casca de laranja, que é cortada regularmente e depois achatada em cima da mesa. Nós fazemos ao contrário, começando com uma superfície plana e, em seguida, dobramo-la para formar uma concha," explica o professor Johann Kollegger, que desenvolveu a técnica juntamente com seu colega Benjamin Kromoser.



Cunha pneumática



A estrutura de concreto ficou pronta em duas horas. [Imagem: TU Vienna]


Na criação da laje plana de concreto é crucial obter a forma geométrica exatamente correta. Por isso, a placa é constituída por vários segmentos.


São deixados espaços em forma de cunha entre esses segmentos, de modo que todos se encaixem perfeitamente quando a estrutura for erguida.


O colchão de ar que levanta a estrutura é composto por duas folhas plásticas soldadas. Enquanto ele é inflado, um cabo de aço vai sendo apertado em torno dos segmentos de concreto, de modo que eles se elevem no centro e sejam pressionados de fora para dentro.


Para garantir que todos os segmentos de concreto se movam em sincronia perfeita, eles estão conectados com vergalhões de aço de construção.


Como a movimentação surge uma infinidade de pequenas fissuras no concreto, mas isto não parece ser um problema para a estabilidade da concha: "Podemos ver isso em velhos arcos de pedra. Se a forma estiver correta, cada pedra mantém as outras no lugar e a construção fica estável," garante Kollegger.


Na demonstração da tecnologia, após o concreto estar curado todo o processo foi concluído em cerca de duas horas, erguendo uma concha de concreto de 2,90 metros de altura. Mas os engenheiros afirmam que os cálculos garantem construções de até 50 metros de altura.
Leia Mais

Softwares Arcelor Mittal - Itália

http://www.constructalia.com/italiano/design_software/software#.VEYsq2KIBtF


 



É necessário registrar.



Software gratuito para o desenho e o projeto preliminar de estruturas metálicas


Software gratuito para o projeto de estruturas de aço desenvolvido pela Arcelor Mittal seções comerciais: soluções em aço, ou soluções compostas com vigas celulares ...

Software gratuito para cálculo de combate a incêndio


Software gratuito para o cálculo da proteção estrutural fogo siderúrgica integrada AF (antifire Resistência) e para o cálculo das curvas naturais de fogo (Fire Safety Concept Natural). Para suporte técnico, entre em contato com seções Arcelor Mittal comerciais.

Software gratuito para o cálculo sísmico


Software gratuito para otimizar a resposta estrutural de edifícios em zonas sísmicas. Para suporte técnico, entre em contato com seções Arcelor
Mittal comerciais.

Desenhos CAD e software livre para o dimensionamento e projeto de estacas-prancha


Desenhos CAD e software livre para o dimensionamento e projeto de estruturas feitas de estacas-pranchas. Para suporte técnico, entre em contato com a Arcelor Mittal Commercial RPS.

Software gratuito para o projeto preliminar de pontes


Software para o projeto preliminar de pontes e viadutos (rodoviário, ferroviário e passarelas de pedestres), utilizando a faixa Arcelor Mittal de perfis laminados a quente. Para suporte técnico, entre em contato com seções Arcelor Mittal comerciais.

Software Livre para avaliação de sustentabilidade

Leia Mais

Artigos de mesa de escritório

Dimension Relógio de mesa : Possui uma estrutura de concreto, onde o rosto se assemelha a uma espiral escadaria .

Produtos inspirados em betão e Projetos (15) 3

Concrete Set Desk

O Conjunto de mesa é feito de betão de cimento, um material normalmente associados com a indústria de construção, mas, neste caso, utilizado para criar acessórios de mesa original para a casa ou escritório.
O conjunto constituído por um dispensador de fita adesiva, um vaso e uma bandeja de caneta.
Material: Concreto Fabricante: AreawareAno: 2011 Tape dispenser: 203 x 63 x 114 milímetros pot Pen: 76 x 76 x 100 mm Bandeja: 165 x 76 x 25 mm

ConcreteDeskSet 02.jpg
ConcreteDeskSet_Pot 01.jpg
ConcreteDeskSet_Tray 01.jpg
ConcreteDeskSet_Tray 02.jpg
ConcreteDeskSet_Tape 01.jpg
ConcreteDeskSet_Tape 02.jpg
ConcreteDeskSet 01.jpg



Studlaberg-candleset-2.jpg
A mesma forma geométrica   Inspira castiçais Studlaberg 's acomodar ambos os círios e velas de mesa, assumindo um perfil inteiramente original dependendo do que eles contêm. Referenciando colunas de basalto encontrado na Islândia a faixa usa concreto elenco sólido, assumindo uma personalidade bem fria que contrasta bem com a luz quente das velas acesas. Desde que começou como um projeto paralelo de pai e filha, Inspira expandido para uma linha completa de produtos no mês passado, puxando da herança cultural da Islândia e geografia.

Leia Mais

A melhor definição de ética que eu já ouvi:



“Ética é você agir da maneira certa, com integridade, quando você não tem nem prêmio e nem castigo para o seu comportamento”

Pr. Ricardo Gondim
Leia Mais

Blocos CAD

Leia Mais

Aprenda a fazer vasos de concreto

Deixe seu jardim com a sua cara


Gosto muito de alguns vasos de cimento que vejo por aí, mas geralmente são caríssimos. Aí, passeando pela net, achei esse site que ensina como fazer os tais vasos. Resolvi compartilhar com vocês. Antes de mais nada, o nome do site de onde vem esse conteúdo é Decoração Fácil.


1 – Para criar os seus vasos são necessários dois recipientes. Logo vai entender. O primeiro passo é colocar óleo na parte de dentro do recipiente maior, que dará forma ao seu vaso. Pode ser óleo de cozinha ou qualquer outro óleo incolor. O óleo serve apenas para facilitar na hora de 'desmoldar' o vaso depois de seco.


2 - Passe o mesmo óleo na parte de fora do segundo recipiente, o menor, que irá formar a cavidade para as plantas.


3 - Coloque a mistura de cimento no primeiro recipiente, mas tenha em atenção para não encher até em cima, pois quando colocar o segundo recipiente o concreto vai subir e tem de ter espaço para isso.


4 - Posicione o segundo recipiente no centro do vaso que está sendo moldado e pressione até ficar adequado. Estará criando o espaço interior do vaso, onde irá a terra e as plantas.


5 - Coloque um peso dentro do recipiente menor para fixá-lo no lugar certo. Deixe secar durante dois dias.


6 - Tire o vaso do molde. Se usou um recipiente flexível, será fácil. Pense nisso na hora de escolher o seu molde.


No mais, é só usar e abusar de sua criatividade.
Leia Mais
 
Clube do Concreto | by TNB ©2010