Passo a passo granilite

6 de novembro de 2013

O granilite é um composto de agregados minerais moídos, tais como mármore, granito, calcário e quartzo, que misturados ao cimento branco ou comum (pigmentado ou não), água e areia, se transformam em microconcreto com grande resistência a impactos e à abrasão, executado sobre contrapiso nivelado com juntas de dilatação.

O mercado oferece agregados com granulometria nos tamanhos de 0 mm a 3 mm, e a espessura do piso varia de 8 mm a 15 mm, de acordo com o tamanho dos grãos. Os maiores conferem melhor resistência à abrasão. Já a resistência mecânica é dada pelo tipo de mineral empregado. O quartzo, por exemplo, é o mais resistente, vindo em seguida o granito e o mármore.
O agregado para a execução do piso de granilite pode conter todos os minerais misturados, ou somente um ou dois tipos de rocha. Neste exemplo, é usado apenas o granito branco, de grana 0 e 1, com cimento branco. É possível também obter efeitos com diferentes cores de pedras e cimentos pigmentados, além de criar mosaicos.
O piso de granilite pode ser polido (como neste passo-a-passo), recebendo acabamento liso e duas demãos de resina acrílica ou cera. Ou pode ter acabamento lavado com água, chamado fulget, que retira o excesso da argamassa que envolve as pedrinhas, ficando com aspecto mais rústico.
Para obter superfícies homogêneas em relação à cor e textura, deve-se empregar sempre os mesmos materiais (tipo e marca do cimento e areia). O microconcreto deve ser preparado com a dosagem recomendada, utilizando sempre agregados com mesma granulometria, de acordo com as especificações do fabricante. Siga o passo-a-passo da execução do piso de granilite, as dicas e os principais cuidados a serem levados em conta na obra.

Luvas, capacete, botas, óculos de proteção, colher de pedreiro, régua metálica, desempenadeira e desempenadeira metálica, linha com giz, juntas de plástico, rolete compactador, pés de pato (veja dica no passo 10), trena. Para o acabamento em áreas grandes, utilizar máquina politriz (passo 11). Em áreas pequenas, é possível fazer o serviço com a politriz manual.

Passo 1



Execute o contrapiso de forma a ficar rugoso, a fim de proporcionar aderência necessária à massa de granilite que virá a seguir. Neste caso, foi utilizado vassourão na argamassa fresca para obter rugosidade. Lave e limpe bem a área, eliminando resíduos.

Passo 2

Faça a medição da localização das juntas longitudinais e transversais, de acordo com o projeto, e bata a linha com giz para marcar as posições corretas.

Detalhe

Recomenda-se que os quadros formados pelas juntas não ultrapassem a medida de 1,50 m x 1,50 m.

Passo 3


Depois de colocar as juntas plásticas (ou de latão) nas áreas marcadas, fixe-as com uma camada fina de argamassa de cimento branco e areia (3: 1). Use uma régua de alumínio para auxiliar na tarefa e manter o alinhamento das juntas.


Passo 4



Durante essa etapa, não coloque argamassa de cimento branco próximo ao cruzamento das juntas, a fim de permitir que a massa de granilite penetre nesse espaço e aumente a sua aderência ao contrapiso.

Passo 5


Prepare a massa com o cimento branco, areia, água e os agregados de granilite, de acordo com as instruções do fabricante, e aplique com a colher de pedreiro.

Passo 6
Com uma régua, faça o sarrafeamento da massa.
Passo 7
Depois, vem a fas da sêmea, quando se joga o agregado puro do granilite por cima da massa aplicada anteriormente.
Depois, vem a fas da sêmea, quando se joga o agregado puro do granilite por cima da massa aplicada an
Passo 8
Com uma broxa, umedeça levemente a superfície de maneira uniforme.


Passo 9
Em seguida, use um rolete (que pode ser feito com cano de PVC preenchido com concreto) para compactar os agregados na massa.

Passo 10

Use uma desempenadeira metálica para alisar a superfície. A recomendação é fazer cura úmida por 48 horas ou mais, antes do polimento.

Dica
Para evitar pisar e marcar a superfície com a bota, utilize o "pé de pato", um para apoiar os joelhos e outro para os pés. Ele pode ser feito com um pedaço de madeira e quatro parafusos atarraxados com porca. Deve ser usado com os parafusos em contato com o piso.
Detalhe
Este é o aspecto do piso de granilite depois de curado e antes do polimento.
Passo 11




Para fazer o polimento grosso, use a máquina politriz com esmeril de grãos 36 e 60. Em seguida, vem o processo de estucamento, com uso do esmeril grão 120, em que se espalha cimento branco puro e água, formando uma nata, para calafetar os poros do piso. Utilize ainda um rodo para movimentar a nata de cimento, enquanto passa a politriz, a fim de verificar o resultado do polimento.

Atenção

Após três ou quatro dias faça o acabamento usando a máquina com esmeril 180 para tirar o excesso de cimento da superfície e dar o acabamento liso.
Detalhe

Depois do primeiro polimento, o piso de granilite fica com esta aparência.
Passo 12

Para finalizar, com a superfície limpa e seca, utilize cera à base de petróleo ou duas demãos de resina acrílica
.

16 comentários:

Finiti Equipamentos para Construção disse...

Muito bom o post. Estamos elaborando um infográfico sobre o assunto e assim que estiver pronto, se for do interesse de vocês, eu o encaminho para compartilhamento. Obrigado.

ruy guerra disse...

Será muito bem vindo e quando enviar compartilho com todos.

Ruy Serafim de Teixeira Guerra

Francisco Freitas disse...

Excelente post! Gostaria de saber se o mesmo passo a passo pode ser utilizado para a execução de piso Fulget em áreas externas, ou tem alguma diferença/recomendação no processo?

ruy guerra disse...

Para este caso será interessante consultar a própria Fulget em: http://www.granitorre.com.br/fulget_piso_info.php
A aderência do ligante com o agregado liso é bastante prejudicada e por isso aconselho a consultar o fabricante.

Eng Ruy Serafim de Teixeira Guerra

Anônimo disse...

Amigo adorei suas explicações sobre granilito quanto ao seu manuseio e aplicação...porem o que exatamente preciso é saber como fazer a massa quantidades adequadas dos materias usados ...se puder me ajudar agradeço desde ja ...Tinhociccotti@hotmail.com obrigado Alexandre

Anônimo disse...

olá, mandei fazer 2 pequenas( cerca de 2x2m) áreas de granilite branco numa obra e resultaram com muitas trincas . Explicou-se o executor alegando terem aparecido as trincas por causa do cimento branco estrutural!!! a primeira reação é: porque usou esse cimento sabendo que apareceriam trincas? em seguida vem as questões: procede essa explicação? e que tipo de cimento branco é o mais adequado para essa execução?
grata pelas possíveis rspostas
silvana santopaolo - arquiteta secretaria municipal da cultura são paulo
silvana@psi.com.br e ssantopaolo@prefeitura.sp.gov.br

Unknown disse...

gostaria de saber como encontrar um proficional q executa este serviço??? Tenho trinta metros de piso ja feito para colocar este material...

João Valongo disse...

Procuro profissional no RJ para fazer piso de granilite ou granítica numa área de 50 m2. Mande e.mail jm.valongo@gmail.com ou tel 21 98633.0447

João Valongo disse...

Procuro profissional no RJ para fazer piso de granilite ou granítica numa área de 50 m2. Mande e.mail jm.valongo@gmail.com ou tel 21 98633.0447

Nildo Coruja disse...

ola quero saber qual a quantidade de material que eu uso por metro quadrado, e se o cimento branco estrutural é bom para fundir piso e escadarias, se possivel entre em contato por email.. nildo.f32@gmail.com

ruy guerra disse...

veja neste link:

http://www.mapadaobra.com.br/produtos/cimento/linha/cimento-portland-branco-estrutural-cpb-40

Ruy Serafim de Teixeira Guerra

Angela Schiavon disse...

Que sensacional. Sempre pensei que piso de granilite fosse "coisa de outro mundo ". Muito legal essa postagem. Parabéns.

Unknown disse...

Gostaria de saber qual produto pode ser aplicado sobre o granilite para que ele fique menos escorregadio em contato com a água?

Ricardo Silva disse...

Amigo adorei suas explicações sobre granilito quanto ao seu manuseio e aplicação...porem orque exatamente preciso é saber como fazer a massa quantidades adequadas para um traço, dos material usados ...se puder me ajudar agradeço desde ja ...ricardolzsilva@outlook.com ricardo

marcos menezes disse...

muito bom o post, pela nossa experiencia para fazer piso de granilite o traço para cimento cinza é 50:80 para cada 50 kg de cimento adicionar 80 kg de granilhas e para o brnaco a mesma regra mas adicionar 40kg de pó de marmore para evitar fissuras, qt ao escorregamento temos utilizado a técnica de brilho natural esta técnica dispensa o uso de cera, resinas que são geradores de pelicula, o brilho por polimento natural é semelhante ao processo de lapdação do concreto q são utilizados os diamantes 36,60 e 120 sempre lavar vem a cada troca de lixa, fazer o estuque com cimento e adesivo acrilico, após cura 24h fazer a remoção de estuque com lixa resinada grao 50, lavar bem e continuar o processo com a sequencia de lixas 10, 200 alavar aguardar secar e aplicar o endurecedor de superficie, aguardar 40min , lavar bem com vassoura pelo macio, e seguir a sequencia de lixas 400, 800, 1500 lavar bem e aguardar secar 12h e aplicar um demão de vidro liquido termo ativo com mop aguardar secar e polir com hi-speed e disco pelo de porco e pronto vc terá um piso com alto brilho e não escorregadio...

Reginaldo Caruso disse...

Boa noite! Onde posso comprar granilite em Jacarepaguá? Obrigado.

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010