Aditivos como Escolher ?

12 de julho de 2013


Tenho visto em várias fábricas e em algumas obras que utilizam aditivos no concreto sem nenhum critério para escolha do tipo e quantidades.

Existem diversas obras em que se pede um concreto para aplicar em piso industrial em que a pega se dá a mais de 24horas, a equipe de acabamento fica de plantão esperando.

Ora, não é a marca de um grande fabricante de aditivo que é o rumo da escolha e sim fazer TESTES, existem excelentes aditivos, resta saber escolher qual vai ser utilizado para uma determinada concretagem. Para concretos semi secos convém se utilizar aditivos densificadores, para concretos plásticos convém utilizar superplastificantes porque seu preço é compensador nos dias de hoje.

Se utiliza  superplastificantes com o intuito de diminuir a quantidade de água utilizada no amassamento do concreto, também para se aumentar o Slump do concreto e por diversos outros fatores.   

É claro que testes são dispendiosos e levam tempo para se obter resultados mas, não existe outra maneira de se escolher um aditivo sem fazer um TESTE antes de sua utilização.

O teste pode e deve ser feito com as curvas de correlação de Abrams no traço previamente escolhido. Deve-se primeiramente decidir qual o percentual que vai ser utilizado. Sempre adotei como partida o seu custo, se o custo é baixo utilizo pelo maior percentual permitido pelo fabricante e se o custo do aditivo á alto utiliza pela faixa intermediaria, ou seja, o maior percentual mais o percentual menor dividido por dois.

Para tempo de pega pode-se aferir neste passo de apuração da curva de correlação ou pode-se fazer, o que é mais indicado, um teste com diversos percentuais de aditivo em uma argamassa de traço 1:3 com o mesmo fator água cimento e, se aferir o tempo de pega.

A planilha em anexo é a mesma já publicada, mas, coloquei em duas abas para fazer teste comparativo.

No método de calculo da dosagem do concreto que utilizo e que está postada no site, devem-se fazer as curvas de correlação já com o aditivo previamente escolhido.


 Link da planilha comparativa:www.scribd.com/doc/153363916/comparativo-de-aditivos-xlsx


De acordo com a NBR 11768 os aditivos recebem a seguinte classificação:

Tipo P – Plastificante
Tipo R – Retardador
Tipo A – Acelerador
Tipo PR – Plastificante Retardador
Tipo PA – Plastificante Acelerador
Tipo IAR – Incorporador de Ar
Tipo SP – Superplastificante
Tipo SPR – Superplastificante Retardador
Tipo SPA – Superplastificante Acelerador.
 
Como é dito por vários técnicos de concreto os aditivos não são um remédio para corrigir erros provenientes da falta de qualidade dos demais componentes, nem para o despreparo da mão-de-obra para transporte, lançamento e adensamento do concreto.

Eng Ruy Serafim de Teixeira Guerra
 
Clube do Concreto | by TNB ©2010