Detalhe para barras de aço nas colunas com mudança na seção

10 de fevereiro de 2014

Se há algo que nunca devemos esquecer o momento da concepção, é indicar os detalhes da colocação das barras de aço, embora seja uma questão que tem tomado um longo boom nos últimos tempos, desde o design resistente para terremoto exige-se e há livros inteiros dedicados a emissão de conexões, sobreposições, dobras etc. Certas vezes a grife ou construtor passa por cima destes detalhes.

Chamo a atenção para estas considerações de projeto quando há mudanças nas seções das colunas que é comum e vale a pena rever, uma vez que melhora consideravelmente a maneira em que as estruturas de lidar com cargas.

Eis algumas sugestões e uma imagem do assunto.

Obs: Não deixe de ver a norma brasileira NBR6118
  • A inclinação da parte inclinada de uma barra deste tipo, a proporção não deve ser superior a 1:6, relativamente ao eixo da coluna.
  • Peças de barras que estão acima e abaixo da dobrado, deve ser paralelo ao eixo da coluna.
  • A barra de alteração seção dobrada deve ser fornecida com suporte horizontal adequada através de travessas, correias ou peças do sistema de mezanino ou laje.
  • Suporte horizontal deve ser concebida para resistir a 1,5 vezes o componente horizontal da força calculada na parte inclinada da referida barra.
  • Os dormentes ou bandas, se usada, deve ser colocado a uma distância de não mais de 150 pontos de flexão.
  • As barras na seção mudanças devem ser dobrado antes da instalação armado, e sem razão se eles estão embutidos no concreto.
  • Quando a face de uma espinha desalinhadas é de 70 mm ou mais, para uma mudança de secção, as barras longitudinais não deve ser dobrado para seguir a mudança. Sobreposição dos pinos devem ser fornecidos com as barras longitudinais adjacentes ao desalinhamento das faces de coluna.
 
Clube do Concreto | by TNB ©2010