Curva do Poder 0.45

2 de maio de 2014

O gráfico de potencia  0.45, chamado também de Curva do Poder 0.45,  é uma representação em gráfico da dimensão da peneira versus a percentagem de agregado que passa desse tamanho . No entanto , o tamanho da peneira é elevado à potência de 0,45 . 

Esta curva foi desenvolvido pela indústria de asfalto , mas foi adotado por produtores de concreto quando se descobriu como favorável uma mistura de concreto de alta densidade de embalagem que poderia ter. A maioria das usinas de concreto dos EUA utilizam este gráfico para ver se uma mistura está dentro de faixas ótimas.

Os gráficos apresentados na Figura abaixo, mostram a , linha reta que se estende do meio a partir da origem para o tamanho máximo do agregado representando classificação ótima . As duas linhas retas em ambos os lados desta linha média sólida estão simplesmente como uma guia (faixas) e partem a partir da origem até um tamanho acima e um tamanho abaixo do tamanho do agregado máximo . 

É claro que nenhuma graduação vai perfeitamente seguir a linha média reta , mas desde que a graduação caia dentro da zona de uma das duas linhas exteriores , a graduação vai ter uma elevada densidade de empacotamento .

Simples não é?

Mas quando resolvemos procurar uma mistura com o comando Solver do Excel, este gráfico de potencia 0.45 fica logicamente dentro das faixas de classificação ótima. A titulo de ilustração fiz uma planilha para demonstrar como este gráfico fica com uma mistura resolvida com o Solver.

No Brasil em todos os métodos de dosagem que veem sendo feitos não se utiliza esta Curva do Poder 0.45 ou mesmo algo similar.


A curva do Poder 0.45 não leva em consideração o conteúdo cimento, incorporação de ar ou a forma de partículas e textura, sua utilização como diz  Jay Shilstone    em sua publicação:  uma excelente ferramenta para o desenvolvimento e avaliação de uma mistura de concreto, desde que se entende que as qualificações e restrições são do gráfico.

Uma restrição para a dosagem é que esta curva não leva em conta a grande quantidade de materiais que podem passar a peneira n ° 200 , especialmente no caso do agregado britados que podem conter estes grande teores de finos. Existem também este gráficos que não levam em consideração estes micro finos, estes não são considerados e assim as linhas não começam na origem (em zero), mas sim com o tamanho No. 200. 

Logicamente este gráfico não vai fazer parte da nova planilha que estou desenvolvendo. 

Estou a disposição para quaisquer dúvidas sobre o assunto,

Eng Ruy Serafim de Teixeira Guerra
clubedoconcreto@gmail.com

  

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010