Gráficos de controle de Shewhart

Os gráficos de controle de Shewhart, metodologia desenvolvida em 1924 pelo físico Walter A. Shewhart, apresentam de forma visual valores incomuns e tendências existentes nos resultados. Fornecem informações do processo produtivo que devem ser interpretados para auxílio na tomada de decisões, reduzindo assim o risco de não conformidades no produto final. São utilizados os limites de controle calculados a partir dos dados e limites de alerta com base na variação do processo de produção (GIBB e HARRISSON, 2010).

É constituído de linhas horizontais sendo uma linha central (CL) que é um valor de referência da característica controlada. Existem também linhas que representam o limite superior de controle (UCL) e limite inferior de controle (LCL), podendo ser adicionados o limite de alerta superior (UWL) e o limite de alerta inferior (LWL). Atabela [2] demonstra o cálculo dos limites.



fig3.gif


0 Comments:

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010