Operação Segura – Caminhões Betoneiras e Bombas para Concreto

10 de junho de 2017


Durante o trabalho de bombeamento de concreto ocorrem situações em que geram atos inseguros ou condições inseguras de trabalho, tanto para operadores como todo o pessoal envolvido na obra. Situações essas que aumentam ainda mais a necessidade de informações e treinamento de todos os envolvidos no projeto. Para falar um pouco mais desses problemas é importante conhecer o dia-a-dia do operador:
 Tudo começa com o operador chegando ao local de trabalho. Antes de iniciar um bombeamento é de extrema importância realizar uma checagem preventiva no equipamento e verificar se está tudo correto para trabalho, pode-se achar que estão perdendo tempo, mas na verdade esse procedimento evita que ocorram alguns problemas no equipamento durante o decorrer do trabalho. Estes procedimentos fazem com que o operador trabalhe com maior segurança e leve mais segurança para o canteiro de obras.
 Em muitos casos temos também o problema com o trajeto do equipamento até o local onde será realizado o trabalho. O ideal é sempre verificar se o trajeto é seguro e atende às características técnicas dos equipamentos.
É muito importante verificar se é seguro o local para posicionamento do equipamento. Barrancos e aterros podem causar sérios acidentes. Devemos sempre considerar as recomendações do manual de segurança, entre elas:. Utilizar os calços, manter o equipamento nivelado (máximo 3 graus), deixar os pneus ligeiramente encostados no chão e manter uma distância segura da rede elétrica (5 metros mínimo), evitando acidentes como: queda do equipamento, balanço excessivo do mastro, movimentação involuntária do mastro, descargas elétricas que no caso podem levar o equipamento a sérios danos, ou pior, ocasionar a morte do operador.
Após todas as precauções tomadas, iniciamos o bombeamento, com as atenções redobradas. Devemos checar toda a linha de tubulação montada (quando houver), evitar deixar tubos soltos ou sem as travas de segurança. Problemas de queda de tubos ou abertura de acoplamentos são muitos comuns.
 Verificar tubos muito desgastados, pois podem estourar durante o bombeamento. Reduzir o máximo possível o número de mangotes flexíveis e também as curvas na linha, pois dificultam o bombeamento do concreto. A utilização de redução para 3” não é recomendado, principalmente em Auto Bombas com mastro, podendo acarretar vários problemas, inclusive o estouro da redução, entupimento da linha e dificuldades no bombeamento.
Durante o bombeamento, ficar atento às esperas longas de Auto Betoneiras, conscientizar as pessoas em torno do equipamento dos riscos de ficar próximo a ele e não utilizar o equipamento como guindaste, já que o peso excessivo como mangotes fora do especificado pode acarretar problemas estruturais no mastro ou a queda do mesmo. O equipamento deve ser operado somente por pessoas capacitadas e autorizadas. Sempre trabalhar com segurança e respeitando os limites estabelecidos.
 Ao final de todo o trabalho de bombeamento de concreto, começamos um outro também de muita importância: O processo de limpeza do equipamento. Nessa hora o operador está exausto, cansado e é quando ocorre a maioria dos acidentes, muitas vezes não possuem apoio ou recurso para limpeza do mesmo, e a pressa também faz com que o operador cometa atos inseguros, como: colocar a mão dentro da válvula para ajudar na retirada do concreto, ficar em cima da grade da tremonha (côcho), etc. Esses atos inseguros correspondem a maioria dos acidentes que ocorrem no equipamento.
A operação com segurança não é difícil de realizar, mais para isso precisamos observar alguns pontos:
 – Efetuar os procedimentos adequados de trabalho;
– Conhecer o equipamento no qual irá trabalhar. Os equipamentos SCHWING são mundialmente conhecidos pela sua qualidade, facilidade de operacional e também por sua segurança de operação;
– Treinamentos Constantes: através deles é possível transmitir informações importantes de operação, segurança e manutenção dos equipamentos. Treinamento não é custo, é investimento!
–  Manutenção Preventiva e Corretiva do equipamento: o mesmo deve estar em perfeitas condições  para realizar o trabalho sem oferecer riscos a ninguém.
 A SCHWING-Stetter oferece treinamentos regulares em sua fábrica em Mairiporã e in-loco de todos os seus equipamentos. Treinamentos de Operação, Manutenção e Segurança e outras diversas modalidades e aplicações, como treinamentos para Mecânico e Eletricista. Confira o calendário de Treinamentos 2014 em nosso site e faça sua inscrição on-line!
Daniel Silva
Instrutor de Treinamento / SCHWING-Stetter

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010