Laje de Isopor: Preço? Aguenta Peso?

25 de setembro de 2018



Você já ouviu falar sobre a laje de isopor? Apesar de bastante vantajosa, a opção ainda causa certa insegurança nos consumidores. Afinal, uma estrutura feita deste material suporta bem a estrutura de um telhado? A resposta é sim, e logo mais te explicaremos o porquê. Acompanhe o texto!

Para a instalação de uma laje de isopor, uma estrutura é desenvolvida com o uso de vigotas e uma laje entrelaçada de aço. A junção dessas partes cria uma base para o encaixe das peças de isopor, que então formam a superfície da laje. Em seguida, são posicionadas escoras, que darão maior sustentação para o passo seguinte da construção.

Na próxima etapa da obra, a parte de cima da laje recebe uma generosa camada de concreto. Depois, a superfície pode passar pelo acabamento desejado pelo consumidor. Inclusive sendo impermeabilizada, para que não haja acúmulo da água da chuva.

Dessa forma, não é propriamente o isopor que sustenta os impactos sobre a laje. O que a sustenta são as treliças de aço e os componentes em concreto (vigotas e argamassa). Logo, a laje de isopor é bastante segura e resistente, tendo enorme durabilidade.
Qual o preço da opção?

A diferença de preço entre uma laje de EPS e uma estrutura comum, feita com tijolos de cerâmica, geralmente é pequena. Enquanto o metro quadrado da construção em isopor custa cerca de R$ 25, a de cerâmica tem valores estimados em R$ 28. Considerando todas as vantagens do EPS, porém, pode ser muito mais interessante investir nesse tipo de laje. Confira a seguir os benefícios dessa opção.
Vantagens da laje de isopor

O consumidor que escolhe a laje de isopor para o seu imóvel usufrui de uma série de vantagens. A começar pelo isolamento térmico oferecido pela opção. Como não absorve muito calor, o EPS evita que o interior da edificação esquente em demasiado, o que poderia causar desconforto dos seus ocupantes.

Ao mesmo tempo, o material evita a perda exagerada de temperatura, evitando que o ambiente se torne muito frio. Isso significa que nesse tipo de imóvel é sempre possível contar com um clima ameno e agradável.

Também é interessante destacar o isolamento acústico oferecido pelas peças. O isopor não deixa o som “escapar” de forma exagerada do imóvel, assim como não permite que ruídos de fora adentrem o espaço.

Outro benefício oferecido pela laje de isopor é a facilidade de instalação de conduítes no teto. Sejam eles elétricos, sejam hidráulicos. Isso ocorre porque o corte do isopor é muito mais simples do que o da cerâmica, normalmente utilizada nos imóveis. Dessa forma, as peças condutoras podem ser instalados em qualquer ponto necessário.
Benefícios para a construção

Falando especificamente do processo de obra de um imóvel, as vantagens de uso deste tipo de laje são ainda mais diversas. O isopor, por exemplo, é leve e fácil de manusear. Logo, seu transporte é simples, o que otimiza o tempo de trabalho dos indivíduos.

Simultaneamente, é possível destacar a baixa perda do produto. Ele dificilmente quebra ou trinca, e seu corte facilitado diminui muito o risco de erros. Por isso, não é necessário adquirir quantidade muito superior para a execução do projeto do imóvel. Apenas algumas peças extras, como garantia.
Há ainda imensa facilidade de montagem da estrutura da laje. A rapidez de encaixe das peças de EPS, e depois da secagem do concreto, permitem que a obra seja concluída rapidamente.

Ademais, a fundação necessária para a edificação pode ser menor e, consequentemente, mais econômica. Afinal de contas, o peso da laje de isopor é pequeno, e a estrutura que suportará o imóvel não sofrerá tanta pressão.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010