Como Funciona uma Empresa

19 de junho de 2016


Antes de explicar o que é uma empresa, devemos falar sobre “organização”. As empresas surgem quando um grupo de pessoas se organiza e trabalha para atingir um objetivo comum. Uma organização pode ser uma fábrica, um hospital, uma loja, um escritório, uma igreja, um clube ou uma associação de bairro ou de profissionais.



UM EXEMPLO

NO CASO DE UM CLUBE, O DINHEIRO DAS MENSALIDADES É USADO PARA PAGAR OS SALÁRIOS DOS FUNCIONÁRIOS, COMPRAR MATERIAL DE LIMPEZA, CONSERTAR EQUIPAMENTOS, FAZER OBRAS DE MANUTENÇÃO. O DINHEIRO QUE SOBRA É APLICADO EM MELHORIAS NA ESTRUTURA DE LAZER DO PRÓPRIO CLUBE. POR ISSO, APESAR DE FUNCIONAR COMO UMA EMPRESA, ELE É CONSIDERADO UMA ENTIDADE SEM FINS LUCRATIVOS.

NO CASO DE UMA LOJA, O DINHEIRO DAS VENDAS É USADO PARA PAGAR OS VENDEDORES, COMPRAR NOVAS MERCADORIAS ETC. PORÉM, O DINHEIRO QUE SOBRA É DISTRIBUÍDO ENTRE OS SÓCIOS, PARA SEU USO PARTICULAR. A DIFERENÇA É QUE A LOJA TEM COMO OBJETIVO O LUCRO.

LEMBRE-SE:

EMPRESA É TODA ORGANIZAÇÃO QUE PRODUZ OU OFERECE BENS E SERVIÇOS, VISANDO, EM GERAL, À OBTENÇÃO DE LUCRO.


Tipos de empresa

Existem vários tipos de empresa. Elas podem variar de acordo com: a atividade específica que desenvolvem; o porte (tamanho); a organização jurídica (maneira pela qual o governo as reconhece); os objetivos; a estrutura de seu capital (como se organizam os bens, o dinheiro e as ações de uma empresa).
Como funciona uma empresa
É importante saber reconhecer uma empresa, pois isso tornará mais claro o trabalho que você vai realizar dentro dela. A seguir, você terá
informações que o ajudarão nessa tarefa.

O ramo de atividade também é uma forma de classificar as empresas. Elas podem pertencer ao ramo industrial, comercial ou de prestação de serviços.

Industrial

São as fábricas ou indústrias que produzem peças e artigos variados a partir da transformação de matérias-primas em mercadorias. Exemplo: uma fábrica que transforma o algodão colhido nos campos em fios e tecidos para a confecção de roupas.

Comercial

São as lojas, distribuidoras ou representantes comerciais que vendem mercadorias. As vendas podem ser por atacado (grandes quantidades para serem revendidas depois) ou a varejo (vendas direto ao público consumidor). Exemplo: um supermercado
(varejo), uma loja de eletrodomésticos (varejo), uma distribuidora de bebidas (atacado).

Prestadora de serviços

Empresas que oferecem algum tipo de serviço ao consumidor. Exemplo: salão de beleza, curso de inglês, correio.
Embora as empresas prestadoras de serviço não tenham como finalidade principal a venda de produtos, isso pode acontecer. É o caso, por exemplo, de um salão de beleza. Sua atividade principal é oferecer aos clientes serviços de embelezamento de cabelos, de unhas, maquiagem, depilação. Mas nada impede que o salão venda alguns produtos como, por exemplo, a linha de xampus e cremes de cabelo que usa em seus serviços.
Do mesmo modo, um estabelecimento comercial que tem como finalidade principal a venda de produtos, pode oferecer serviços aos seus clientes. É o caso, por exemplo, de uma loja de roupas que oferece aos clientes o serviço de conserto (faz bainhas, alarga ou aperta as roupas etc.).
Continuando então…
Quanto ao porte, uma empresa pode ser classificada como micro, pequena, média ou grande. Essa classificação depende de quanto ela lucra por ano (faturamento anual bruto). Assim, temos:
  • Microempresa – fatura até R$ 120 mil por mês.
  • Pequena empresa – fatura entre R$ 120.001,00 e R$ 720 mil por mês.
  • Média ou grande empresa – faturam a partir de R$ 720 mil por mês.

Quanto à organização jurídica, uma empresa pode ser:

Empresa privada

É a empresa que pertence a uma pessoa ou a um grupo, e trabalha para produzir riqueza e gerar lucro. Esse lucro é distribuído entre os sócios, para seu uso particular. Exemplo: a padaria perto da sua casa é uma empresa privada.
Uma parte do lucro é investido novamente no negócio e a outra vai para o bolso do dono do estabelecimento e dos seus sócios.

Empresa pública

A função da empresa pública é prestar serviços à comunidade, preparando e executando ações e projetos do governo. Elas podem ser municipais, quando pertencem à prefeitura, que é o governo do município; estaduais, ligadas ao governo do estado; ou federais, que pertecem e trabalham para o governo do país. As empresas públicas são mantidas com os impostos pagos pela população.
Essas empresas não têm por objetivo o lucro (isso é com as empresas privadas). Existem vários tipos de empresas públicas, mas todas têm por finalidade cumprir aquilo que é estabelecido pelo poder municipal, estadual ou federal. Exemplo: o governo de cada estado tem secretarias de Cultura, de Meio Ambiente, de Educação, entre outras. Cada secretaria deve criar projetos dentro de sua área de atuação e trabalhar para que eles sejam realizados.
Em alguns casos, a forma de organização pode ocorrer de maneira muito especial. As autarquias, por exemplo, são entidades independentes, subordinadas ao governo federal, e sua função é prestar serviços à população. Exemplos: o INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), as universidades federais, o Banco Central do Brasil.

Empresa de economia mista

Nesse tipo de empresa, participam o governo (sempre com o poder de decisão) e acionistas ou empresas do setor privado. Por lei, as empresas de economia mista não podem ter o lucro como finalidade. Elas foram criadas para permitir que o governo federal explorasse atividades econômicas importantes para o país.
As cooperativas. São associações de pessoas ou grupos profissionais que se reúnem para trabalhar numa mesma atividade. Essas pessoas dividem os custos da administração do negócio e os seus resultados.
Já as Associações são entidades formadas por um grupo de pessoas que se reúnem para tratar de objetivos comuns. As associações em geral não têm caráter empresarial e nem visam lucros. Um exemplo são as associações de moradores de um bairro, que se juntam para prestar serviços e cuidar dos interesses da comunidade, buscando melhorar as condições de vida de quem mora nesse bairro.
 
Clube do Concreto | by TNB ©2010