Pavimentos como evitar as bolhas e nas superfícies planas?

9 de agosto de 2013

As bolhas são saliências ocas superfície e tem baixo perigo no concreto, tipicamente o diâmetro destes é de meia polegada (12 mm) a polegada (25 mm), mas, por vezes, até 2 ou 3 polegadas (50 a 75 mm ). 

A densa camada de argamassa da concretagem é de cerca de 1/8 de polegada (3,2 mm) de espessura, cobre um vazio subjacente que se move de um lado para outro sob a superfície durante a concretagem. As bolhas podem ocorrer logo após a realização de operações de acabamento no concreto. Em áreas com pouca iluminação, pequenas bolhas podem ser perdidas durante a operação do acabamento e pode não ser detectado até que existam falhas sob as cargas de tráfego ou de sua utilização.


PORQUE SE FORMAM BOLHAS?

As bolhas podem se formar no superfície concreto fresco quando as bolhas de ar com uma quantidade de água no concreto plástico ficam presas sob a superfície que foi selado prematuramente durante a concretagem. É fácil de se ver esses defeitos quando o concreto endurece.



A propensão para as bolhas é quando você:


Utiliza vibração insuficiente ou excessiva. Vibração Insuifiente não permite que o ar preso possa sair e o uso excessivo de vibração produz uma camada plana de espessura de argamassa que migra para a superfície. 
  • A ferramenta é usada indevidamente ou inadequadamente para o acabamento da superfície inicial. Você não precisa provar que veda com a ferramenta de acabamento, seja de madeira ou de outros materiais. Esta superfície deve ser mantida a mais lisa possível. 
  • Evaporação excessiva de água de exsudação (sangramento) faz com que a superfície torna-se preparada para o surgimento de bolhas, enquanto o concreto subjacente em um estado plástico está escorrendo e expulsando o ar. A evaporação rápida da água e com o sangramento na superfície é um problema especialmente em períodos de altas temperaturas, ventos fortes, por si só ou em combinação com a baixa umidade relativa. 
  • Ar aprisionado foi utilizado ou a quantidade é maior do que a normal. Uma redução significativa na taxa e quantidade de água ocorre sangramento em concreto que são arrastadas pelo ar, o que lhe dá o aspecto de que o concreto está pronto para o acabamento da superfície e resulta num acabamento prematuro. 
  • A sub-base é mais frio do que o concreto. A camada superior cura mais rápido do que a parte inferior e a superfície parece ser estar pronto para acabamento. 
  • A laje é muito grossa e quando sangra a água o ar é retido e demora mais tempo para alcançar a superfície. 
  • O concreto é muito coeso e pegajoso devido a uma grande quantidade de materiais de cimento ou excesso de finos na areia. Tais misturas também têm uma menor taxa de exsudação. Misturas de concreto com um baixo teor de materiais de cimento tem em um curto período de tempo uma quantidade total de água e uma tendência aumentada de exsudação que irá atrasar a operação de acabamento da superfície. 
  • Um endurecedor de superfície do pó é aplicado prematuramente, particularmente em concreto arrastadas pelo ar. 
  • A placa é colocada sobre uma barreira que retarda a passagem de vapor ou água ou uma base que é impermeável, o que não permite escoando a água é absorvida pelo solo.

COMO VOCÊ EVITAR BOLHAS?

A pessoa responsável para dar o acabamento na superfície do concreto deve se preocupar quando parece que tudo esta pronto para fazer a concretagem mais cedo do que normalmente esperado.

A ênfase está na final da concretagem, a marcação, o nivelamento e pavimentação dasbordas são feitas o mais rápido possível e sem fazer-se uma camada excessiva de argamassa para a superfície.

Após estas operações, o acabamento subsequente deve ser atrazado tanto quanto possível e a superfície deve ser coberta com polietileno ou outro método para proteger contra a evaporação da água. Se as condições de evaporação forem rápida, cobrir uma parte do concreto para determinar se o concreto continua a sangrar.

No desempenho das lâminas flutuantes iniciais ou folhas da espátula deve ser plana para evitar muito cedo a cura superficial.

O uso de uma definição acelerador ou usando concreto quente freqüentemente se evita bolhas no tempo frio.

Se as bolhas estão se formando, se tenta nivelar as lâminas espátula ou rasgar o superfície com um flutuador de madeira e o acabamento deve se atrasar tanto quanto possível.

Quando as condições de evaporação é rápida, deve-se reduzir a evaporação utilizando barreiras de ar, ou evita a evaporação com um retardador ou mesmo cobrindo o concreto com um pano molhado ou de polietileno.



SIGA ESTAS REGRAS PARA EVITAR BOLHAS 
  • Não selar a superfície antes do ar e água sangrar (hemorragia) ou ter escapado. 
  • Evite superfície de pó seco em concreto com o ar-arrastado. 
  • Use aceleradores de concreto para pré-aquecimento ou para promover uma cura uniforme em toda a espessura da laje quando as temperaturas são baixas. 
  • Em nenhum lugar das lajes por diretamente sobre as camadas de concreto os panos de cura. 
  • Proteger a superfície para evitar a evaporação ou secagem. 
  • Não use vibração excessiva em queda de concreto (slump) de 5 polegadas (125 mm) ou mais. 
  • Espátulas metálicas não devem ser utilizados no concreto que estão arrastados pelo ar. Se isso for exigido pelas especificações de trabalho, deve ter muito cuidado para dizer quando começar a operação de acabamento.
http://civilgeeks.com/2011/03/17/formacion-de-ampollas-en-el-concreto/
 
Clube do Concreto | by TNB ©2010