Concreto ecológico de geopolímeros

26 de agosto de 2013



POR PATRÍCIA LEMOS



Cerca de 9% do dióxido de carbono gerado pela atividade humana resulta direta ou indiretamente da produção de betão. A componente mais gravosa em termos de emissões é sem dúvida o fabrico do cimento, em especial do cimento Portland Normal que é o ligante mais usado da atualidade em betões.
A produção de cimento Portland normal chega a três biliões de toneladas anualmente, a nível mundial e tem crescido de ano para ano.
Para por travão a este descontrolo ambiental, tem sido preocupação dos centros de investigação de materiais, a busca de materiais cimentícios mais sustentáveis.
O Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Louisiana nos Estados Unidos, criou um novo material baseado em geopolímeros, que tem um grande potencial ecológico. Este material tem como principal componente as cinzas volantes, que constituem um dos subprodutos industriais em maior abundância.
O betão de geopolímeros tem grandes vantagens sobre o betão de cimento Portland normal, nomeadamente no que diz respeito à quantidade de emissões de CO2 na sua produção, resistência à compressão e tracção, durabilidade, comportamento à corrosão e fogo e utilização de subprodutos na sua constituição.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010