A ORIGEM DO BRAZILIAN TEST - Lobo Carneiro

2 de setembro de 2013


PET Civil UFJF

A engenharia brasileira deve muito a Fernando Lobo Carneiro, que faleceu em novembro de 2001: autor de métodos adotados internacionalmente nessa área, trabalhou por três décadas no Instituto Nacional de Tecnologia (INT), fundou na Coppe a pós-graduação em engenharia civil no Brasil. Por 33 anos trabalhou no INT, sobretudo com resistência de estruturas. Elaborou um método de dosagem experimental de concretos amplamente aplicado e um método para calcular a resistência dos concretos à tração, adotado em todo o mundo e conhecido como brazilian test – ensaio brasileiro. No Brasil, na época, ninguém deu muita importância aquilo, mas na França logo começou a ser usado e passou a ser chamado de “essai brésilien”. Em 1984 o método foi agraciado com o prêmio “Interamericano de Ciência Bernardo Houssay”. O método foi popularizado como brazilian test e oficialmente adotado pela Associação Internacional para Padronização (ISO) na década de 1980.

O Brazilian Test:

Devido à sua fragilidade, a montagem de peças de cerâmica é geralmente conseguida através de solda, mas tensões térmicas durante o resfriamento freqüentemente induzem à quebra do material. Afim de verificar se tais danos são evitáveis, é necessário caracterizar o BBT – Brittle to Ductile Transition (faixa de transição entre o quebradiço e o flexível) do material. Compressão simples não é adequado para estudos de resistência, devido à carga mista. Outro tipo de teste, o teste de rachadura de cilindros, conhecido como o Brazilian Test, pode ser realizado através da aplicação de forças de compressão em dois pontos opostos da geratriz de um cilindro: isto provoca uma tensão uniforme de tração no plano contendo o eixo do cilindro e a geratriz, conduzindo de modo a rachá-lo. A vantagem desse teste é que não são necessárias máquinas caras e uma enorme variedade de amostras frágeis. O teste brasileiro está bem adaptado para a medição da dureza e da caracterização do BDT dos materiais cujo comportamento em temperatura ambiente é frágil (silicietos, semi-metais, etc.)

A História:

Em 1943, durante a Segunda guerra Mundial, Lobo Carneiro estava no início de carreira, quando surgiu a idéia de se deslocar a igreja de São Pedro – uma igreja histórica, pequena, barroca e com planta elíptica – para o outro lado da avenida Presidente Vargas, de modo a evitar que fosse demolida. O projeto consistia em substituir a parte inferior das paredes da igreja por concreto. Sob o concreto, seriam colocados rolos que serviriam para deslocar a igreja até o outro lado da avenida. A Franki – uma empresa de fundações e infra-estruturas – tinha tido sucesso na Europa no transporte de construções sobre rolos de aço. Mas aqui no Brasil surgiu a idéia de fazer rolos de concreto. Os de aço eram calculados pela fórmula de Hertz, mas a questão era como calcular os de concreto. Eram rolos de 60 cm de diâmetro.
Quando Lobo Carneiro pôs o rolo de concreto na máquina, ele quebrou de uma maneira inteiramente diferente dos de aço: por uma fissura vertical, abrindo-se em dois. Lobo Carneiro estudou o caso e lhe ocorreu propor um novo método para a determinação da resistência à tração dos concretos. A resistência à compressão era determinada em cilindros ensaiados verticalmente. Pondo esses cilindros deitados entre os pratos da máquina determinaria a resistência à tração.
A igreja acabou sendo demolida, porque suas alvenarias eram bastante espessas – algumas tinham mais de um metro – mas completamente heterogêneas. Dentro delas havia pedaços de estátuas, madeira, tijolos, etc, o que as tornava fracas. Além disso o prefeito da época, Henrique Dodsworth, começou a ser ridicularizado. Diziam: “o velho está gagá, quer deslocar uma igreja sobre rolos..”, embora esse tipo de transporte tivesse sido feito na Europa com êxito. Fizeram até um samba sobre o assunto. O prefeito mandou então um ofício à Franki, perguntando se a empresa garantia que a igreja chegaria intacta do outro lado da avenida. O director respondeu: “Garantir eu não posso, porque dada a heterogeneidade das paredes da igreja pode haver um acidente durante o transporte e ela desmoronar”. Diante disso o prefeito deu o caso por encerrado e mandou demolir a igreja.
Fontes:
http://www.springerlink.com/content/82l6632w35245m1w/ (Artigo sobre o Brazilian Test em inglês)
 
Clube do Concreto | by TNB ©2010