Classificação de custos e despesas na formação de preço de venda

4 de setembro de 2013




Vamos os principais gastos e como classificar os mesmos na hora de formar o preço de venda de um produto

Para um bom entendimento na hora de levantar os gastos que se tem para produzir um determinado produto, precisamos entender o que são custos e despesas. Vamos ver abaixo de uma forma simples e resumida do que são alguns dos principais custos e despesas, e como são classificados.


Custos Diretos (CD)


São os custos mensuráveis durante a fabricação do produto como, por exemplo, a quantidade de matéria prima que será utilizada a fará parte do produto final.

Ex: Para produzir uma roda de um carro utiliza-se 20 kg de aço carbono, sabendo que o quilo do aço é R$ 2,00 o custo direto de matéria prima neste produto será de R$ 40,00 para se produzir uma unidade do item.


20 kg x R$ 2,00 = R$ 40,00


Devemos relacionar também a Mão de Obra Direta (MOD) que são os custos dos operários ligados diretamente na produção da roda.


Ex: Se o custo da hora de seus operários é de R$ 8,00 e estes trabalham 100 horas para produzir 500 rodas. Pode se afirmar que o custo de Mão de Obra Direta (MOD) será de R$ 1,60 por unidade produzida.


(R$ 8 x 100h) / 500 Un = R$ 1,60 Por Unidade


Custos Indiretos de Fabricação (CIF)


Estes custos necessitam de alguns cálculos para serem distribuídos aos diferentes produtos fabricados pela empresa, por serem de difícil mensuração são classificados como custos indiretos.


Ex:


- Depreciação de equipamentos


- Aluguel de fabrica


- Salários dos supervisores de equipe, etc.


Custos Fixos (CF)


São os custos que não sofrem alteração de valor independente do volume de produção da empresa. Os exemplos abaixo mantem os valores fixos independentemente se a empresa produziu 1.000 rodas ou 10.000 rodas em um determinado período.


- Aluguel de fábrica


- IPTU da fábrica


- Seguros da fabrica, etc.


Normalmente os custos fixos são alocados aos produtos por meio de cálculos (rateios), pois, a maioria dos custos é indireta.


Custos Variáveis (CV)


São os custos onde os valores se alteram em função do volume produzido.


- Matéria prima consumida


- Horas extras de produção


- Mão de obra direta


Estes custos sempre apresentarão variação em função das quantidades produzidas.


Custo Total (CT)


Custo total é a soma dos custos fixos e variáveis da empresa ou dos custos diretos mais os custos indiretos de fabricação.


CT = CF + CV ou CT = CD + CIF


Se a empresa conhecer o seu Custo Variável Unitário (Cvu) e as quantidades (Q) produzidas podemos usar a formula abaixo.


CT = CF + CV (1)


CV = Cvu x Q (2)


Substituindo-se (2) em (1), temos.


CT = CF + Cvu x Q


Custos mistos

Custos mistos são aqueles que apresentam uma variação em função do nível de produção mais que também tem uma parcela fixa. Esta parcela fixa ocorrerá mesmo que nada seja produzido.


Ex:


Energia elétrica: A distribuidora cobra uma taxa mínima mesmo que não haja consumo no período.


Combustível para caldeira: Varia de acordo com a produção, porém, quando não está sendo usada gera um custo mínimo para mantê-la aquecida, pois não pode ser desligada.


Despesas


As despesas são classificadas em fixas e variáveis como venda e distribuição dos produtos.


Podemos citar alguns exemplos de despesas fixas:


- Aluguel de um escritório de vendas


- IPTU de prédio da filial


- Aluguel de carros dos vendedores, etc.


As despesas serão consideradas variáveis quando ocorrem em função do volume de vendas.


Podemos citar alguns exemplos de despesas variáveis.


- Comissão dos vendedores


- Bonificação sobre vendas


- Frete de entrega dos produtos


- Pedágios, etc.


Para mais informações sobre formação de preço leia também o artigo: O que é mark-up e como calcular este índice
 
Clube do Concreto | by TNB ©2010