Casa - Hotel em tubo de concreto

9 de setembro de 2013




Por 500 pesos, ou 65 reais ao dia, é possível conhecer a aldeia de Tepoztlan, no México, e se hospedar em um tubo de concreto. Isso mesmo, os quartos do Tubo Hotel são feitos de tubos de concreto reaproveitados. Ao todo, são 90 tubos, empilhados em formato de pirâmide, que medem 2,5 metros de altura por 3,5 metros de comprimento.


Lá dentro, o básico para uma noite de sono: uma cama queen com uma gaveta embaixo, uma mesa com luz e ventilador. Os banheiros ficam em uma casa separada dos tubos.


Esse tipo de arquitetura permite um melhor aproveitamento de espaço, de modo que sobre mais área para a conservação da mata nativa e haja bem menos gasto com materiais para a construção do hotel.


A ideia não é exatamente pioneira. Desde 2009, os austríacos têm o Das Park Hotel, que funciona no mesmo esquema.


Veja no vídeo mais detalhes sobre o Tubo Hotel e responda: você se hospedaria em um desses em nome da preservação da mata nativa?


Outro artigo do mesmo assunto:

Embora a ideia de dormir dentro de um tubo de concreto provavelmente não pareça ser atraente, o escritório de arquitetura T3arc encontrou uma maneira de tornar esta experiência não apenas confortável, mas também única. 

Construído em apenas três meses, o Tubohotel, aberto em 2010, é um destino de férias com preço acessível. O hotel está localizado a cerca de 45 minutos ao sul da Cidade do México, dentro de uma horta orgânica na aldeia de Tepoztlan, em Morelos. Os quartos do hotel estão empilhados em forma de pirâmide, o que reflete a pirâmide asteca de El Tepozteco com vista para a cidade. 


A construção toda foi criada a partir de tubos de concreto reciclados. Os tubos são bastante térmicos e mantêm a temperatura confortável tanto durante o dia, quanto à noite. A disposição dos tubos foi aleatória com respeito à topografia.


O conceito de hotel em tubos foi ideia do arquiteto alemão Andreas Strauss, que criou o Dasparkhotel em 2006. Os arquitetos do T3arc se inspiraram em Strauss e ampliaram a ideia criando módulos triangulares de dois andares. Pelo empilhamento de um tubo superior em dois tubos-base, eles foram capazes de criar uma exibição visual impressionante, sem afetar o meio ambiente natural. 

O Tubohotel oferece 20 quartos de concreto, cada um medindo 2,44 m de largura e 3,5 m de comprimento e são mobiliados com uma cama queen size, mesa de luz, ventilador, uma gaveta de baixo da cama e cortinas para manter uma certa privacidade. Os quartos têm vista para um pátio central, completamente cercados por exuberantes árvores nativas. Os quartos não possuem banheiros mas os hóspedes têm acesso a duas casas de banho comuns porém privativas localizado na propriedade do hotel.


Uma noite de alojamento no Tubohotel custa cerca de R$ 65,00.


 
Clube do Concreto | by TNB ©2010