Passo a Passo assentamento de Piso Intertravado,

11 de dezembro de 2013


Amigos, os pisos intertravados é um tipo de pavimento fácil de assentar e confere as áreas externas das edificações modernidade e beleza aliada ao paisagismo.

Há diversos modelos de pavimentos intertravados, veja quais são em: Tipos de Pavimentos Intertravados, Passo a Passo!

Alguns serviços preliminares devem estar prontos antes de assentar o piso intertravado, são eles:
Subleito tratado;
Base tratada (geralmente em bica corrida);
Ensaios de compactação Proctor Normal dentro da especificação de projeto.
 Vejam como assentar o piso intertravado, passo a passo:

1. Colchão de areia: o pavimento intertravado é assentado sobre um colchão de areia. Este colchão deve ter altura entre 4,0cm e 8,0cm. Quanto melhor estiver a base, mais fino ficará o colchão de areia. Esse colchão pode ser de areia de dreno para assentamento de pavimento (mais barata), ou areia comum, ou pó de pedra (mais cara). O colchão de areia deve ser mestrado com a utilização de tubos de ferro 3/4” ou barras de ferro de seção quadrada. Feitas as mestras sarrafeie a areia com a régua de alumínio ou rodo de alumínio.

2. Definição do alinhamento: o alinhamento do pavimento geralmente é paralelo ao meio fio da rua a ser calcaça, ou na longitudinal da rua, para que as peças de intertravado fiquem perpendiculares (90°) com o meio-fio, travando todo o pavimento. Puxe uma linha bem esticada para definir o alinhamento.
3. Assentar bloquetes da mestra: ao longo do alinhamento definido no passo anterior assente os blocos intertravados definindo assim a mestra. Feito isso você já pode retirar a linha.

4. Assentamento dos bloquetes: comece assentando os bloquetes da mestra para o meio-fio, fazendo panos inteiros, deixando apenas o arremate junto ao meio-fio para fazer depois.
 

Macete 1: Descarregue os bloquetes o mais próximo possível do local de assentamento.
Macete 2: utilize um carrinho paleteira para movimentar os paletes de intertravado para que eles fiquem mais próximo do local de assentamento;

5. Salgar o Piso: salgue todo o piso assentado espalhando areia sobre toda a sua superfície. Essa areia é a mesma utilizada para o colchão. Essa areia irá penetrar por todas as juntas que existem entre um bloquete e outro.

6. Compactar o piso: todo o pano de intertravado assentado e salgado deve, no final do dia, ser compactado ou batido. Com uma placa vibratória CM-13 bata todo o piso para que ele termine de assentar sobre o colchão de areia e as juntas entre um bloquete e outro também se acertem.


7. Arremates de cantos: após assentar um pano grande de intertravado é hora de fazer os arremates dos cantos. Risque os bloquetes para que eles se encaixem nos cantos. Em seguida corte-os com uma guilhotina ou uma serra Clipper de mão (portátil). São os arremates junto ao meio-fio que vão travar todo o piso.


Macete 3: os pedacinhos pequenos não conseguem arrematar o piso com qualidade, assim, preencha os pequenos espaços com concreto ao invés de pedacinhos de bloquete intertravado. Não preencha com areia.
Macete 4: evite transitar com carros e máquinas sobre o piso que não estiver travado

8. Varrição e limpeza: Terminado o assentamento faça a varrição do excesso de areia que ficou sobre o piso e recolha os pedaços de piso e paletes que ficaram no local.

2 comentários:

Maxwell RODRIGUES DE SOUZA LIMA disse...

Gostaria de seber o que contem no sub leito, sub base e na base.

ruy guerra disse...

Respondendo de maneira bem simplória:
Sub-leito é o terreno natural,
Sub-base é o terreno melhorado e compactado e
Base normalmente é um material como brita corrida compactada.
O calculo de cada camada é feito em função dos tipos de veículos e do volume de trafego.
existe um livro de Paver publicado por Piorotti que ensina o seu dimensionamento.

Eng Ruy Serafim de Teixeira Guerra

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010