10 dicas para uma liderança positiva

17 de janeiro de 2014



Por Cida Silva
  1. Atrair – Recrutar e selecionar pessoas com conhecimento, habilidades e atitudes positivas é papel do líder, porém somente se consegue talentos para o time caso a empresa e as lideranças tenham valores fortes para passar adiante.
  2. Treinar – O treinamento da equipe tem de ser algo constante, semelhante ao ato de tomar banho ou escovar os dentes, ou seja, deve virar hábito. E o principal treinador deverá ser o líder através de seus exemplos e recursos, como: vídeos, simulação de situações reais, palestras, cursos internos e externos, etc.
  3. Acompanhamento – A equipe jamais deverá trabalhar solta como um barco à deriva. Cabe ao líder dar feedback de valorização e de correção naqueles pontos em que os liderados estão deixando a desejar, além de reforçar aquilo que está indo bem.
  4. Reconhecimento – O líder que reconhece o esforço da equipe promovendo e remunerando de forma adequada e justa e respeitando as políticas da empresa possui mais chances de manter o grupo coeso.
  5. Pontualidade – Não só para chegar ao local de trabalho, mas a todo e qualquer compromisso, como: reuniões, treinamentos, confraternizações, responder e-mails para a equipe, fornecer respostas às dúvidas e cumprir o que promete.
  6. Marketing pessoal – Cuidados com a apresentação física é fundamental. Roupas devem ser adequadas ao local de trabalho ou à profissão. Para os homens, barbas feitas e cabelos cortados. Às mulheres, roupas e acessórios discretos de acordo com a profissão e o ambiente de trabalho. Lembre-se de que o líder é o espelho do grupo.
  7. Delegar – Uma das maneiras de gerar confiança é delegar tarefas e responsabilidades. Além de gerar confiança, isso possibilita o crescimento e o desenvolvimento dos liderados.
  8. Celebrar vitórias – Sempre que uma boa venda for concretizada ou um projeto concluído vale a pena comemorar. Isso cria motivação e eleva o ânimo do grupo na busca de novas conquistas.
  9. Respeito – Se o líder quer o respeito da equipe, ele deverá ser o primeiro a dar o exemplo. Chamar a atenção dos funcionários diante de outras pessoas, gritar e falar palavrões, ofender com ironia e debochar são práticas que devemos banir. Agindo dessa forma, o líder só conseguirá boicotes, desarmonia e desequilíbrio emocional em todo grupo.
  10. Respeito às diferenças – O líder não é um super-homem ou uma mulher-maravilha, esses ícones só existem na tela de cinemas – você não é o melhor em tudo. Uma boa equipe possui diversas habilidades e experiências que vão complementar aquelas que o líder já possui.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010