Inicio de produção de blocos e pavers




Vou responder as perguntas que me foram feitas por Rafael Rebelo de O. Albane, de como iniciar uma carta de traços para uma máquina de blocos e pavers e se é possível utilizar o DPCON VS02 para isso. Responderei por fases a estes dois questionamentos.

Fase 01

São vários os itens que devem ser levados em conta para se iniciar as cartas de traços para blocos e para pavers. Alguns destes itens antecedem a própria formulação do traço, o que pode parecer algo estranho mas é NECESSÁRIO

Vou citar alguns destes itens que devem ser verificados antes de iniciar a produção destes produtos:

-Base de assentamento compatível com a vibração e prensagem do equipamento
-Maquina nivelada 
-Regulagem eficiente dos tempos do equipamento, tais como: tempos de alimentação da gaveta, tempo de prensagem, 
-Tipo do ciclo de desmolde, fazendo com que não se suje os blocos/pavers
-Calibração dos sensores de umidade
-Regulagem interna dos agitadores da gaveta de alimentação

FASE02

Com o equipamento previamente regulado se realizam vários traços com diversos teores de brita ou se você estiver utilizando o DPCON VS02 você o faz pelo % retido o fazendo variar de 5% até 20%.

No DPCON VS02 pode ser arquivados 23 tipos de agregados para se possa escolher o que se quer dosar, facilitando o seu trabalho.

O consumo de cimento como sugestão para blocos poderá ser de aproximadamente 250 kg/m3 e em pavers 350 kg/m3. Utilize como sugestão para os dois produtos uma umidade do concreto em torno de 7%.

Se produz alguns traços para que seja verificada a regulagem do equipamento e para que todo o equipamento seja lubrificado.

Com estas amostras de pavers e blocos se realizam os ensaios de ruptura para se escolha a que mais obteve resistência e também leva-se em conta a sua utilização com a aparência do produto.

FASE03

Nesta fase se iniciam diversos traços utilizando diversos teores de cimento, no DPCON VS02 são seis estes traços com a finalidade de se obter a curva de correlação de a/c versus resistência.

Com estes seis traços se realizam os ensaios de ruptura.

FASE04

Com a resistência desejada para o produto e com as curvas de correlação se encontra o traço desejado e se realiza no equipamento este TRAÇO FINAL

Como conclusão leia e o artigo abaixo de um grande renomado técnico em produção de blocos e pavers:

É fácil fazer um bloco de concreto? por  Jorge Yances

Rafael Rebelo eu creio que tenha lhe respondido mas qualquer dúvida é só dizer.

Eng Ruy Serafim de Teixeira Guerra



1 Comments:

Unknown disse...

Prezado Eng. Ruy, respondeu perfeitamente a minha pergunta muito obrigado e ainda ilustrou com a indicação de um belo artigo pra todos que estão começando na ramo de Pre-moldados.
Parabens pelo site e por dividir conosco seu grande conhecimento na área.
Att

Rafael Rebelo de O. Albane
RD Pré-moldados
Alegre-ES

 
. | by TNB ©2010