O que é Protensão Completa / Limitada / Parcial

7 de janeiro de 2019

Escolha da técnica de protensão depende das solicitações sobre a estrutura e das características da obra


Conheça os fatores técnicos que determinam o tipo de protensão aplicada em uma laje

Juliana Nakamura

A NBR 6.118:2014 - Projeto de Estruturas de Concreto - Procedimento define, ainda, três categorias de protensão com relação aos estados-limite de utilização referentes à fissuração. 
A protensão completa, também chamada de total, é utilizada em casos de estruturas expostas a ambientes agressivos porque proporciona melhores condições de proteção das armaduras contra a corrosão. Nesses casos a protensão é de tanta intensidade que elimina completamente as tensões de tração no concreto. Isso significa que as peças não vão ter fissuras.
Já a protensão limitada submete as peças de concreto a tensões menores do que aquelas que seriam produzidas em uma protensão completa. Isso agrega algumas vantagens, como melhor comportamento no que diz respeito às deformações. Também induz ao consumo menor de armadura. Nesse tipo de protensão, há tensões de tração que devem ser suportadas pelo concreto.
Na protensão parcial, mais utilizada, o concreto pode fissurar porque a tensão de tração é maior do que a que o concreto suporta. "Nesses casos, a estratégia é combater a abertura de fissuras, assim como ocorre com o concreto armado", finaliza Helder Martins

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010