Impurezas Orgânicas em Agregados Miúdos (NBR NM 49:2001)

17 de julho de 2013




desenho original do frasco




1. INTRODUÇÃO
A metodologia permite avaliar a qualidade de uma areia em relação à contaminação com impurezas orgânicas, as quais, conforme sua natureza e teor podem inibir a hidratação do cimento, prejudicar a resistência do concreto, principalmente nas primeiras idades e aparecer fissuras e pontos escuros no concreto depois de endurecido.

2. EQUIPAMENTOS
a. Balança com resolução de 0,01 g e capacidade mínima de 1 kg.
b. Béqueres de vidro de 1 litro.
c. Provetas graduadas de 10 ml e 100 ml.
d. Frascos Erlenmeyer com rolha esmerilhada, de 250 ml.
e. Funil de haste longa
f. Papel filtro qualitativo.
g. Dois tubos de ensaio de mesmo volume.
h. Água destilada ou deionizada.
i. Hidróxido de sódio com 90 a 95 % de pureza.
j. Ácido tânico.
k. Álcool a 95%

3. PREPARAÇÃO DA AMOSTRA
a. Reduzir a amostra de acordo com os procedimentos da NBR NM 27.
b. Formar amostra com 200 g, se possível com material úmido para evitar perda de finos.

4. CUIDADOS ESPECIAIS
Preparar as soluções com antecedência e em quantidade suficiente para vários ensaios. As soluções, identificadas, devem ser estocadas em frascos de vidro escuro, em local protegido da luz.
a. Preparar a solução de hidróxido de sódio a 3%, misturando:
- 30 g de hidróxido de sódio;
- 970 ml de água.
b. Preparar a solução de ácido tânico a 2%:
- 2 g de ácido tânico;
- 10 ml de álcool;
- 90 ml de água.

5. PROCEDIMENTO
a. Colocar 200 g do agregado seco ao ar em um frasco Erlenmeyer e acrescentar 100 ml da solução de hidróxido de sódio. Agitar vigorosamente.
b. Preparar uma solução padrão com 97 ml da solução de hidróxido de sódio e 3 ml da solução de ácido tânico.
c. Deixar ambos preparados em repouso por 24 h, em ambiente sem raios de luz e sol.
d. Filtrar, em papel filtro, a solução que esteve em contato com o agregado e transferi-la para um tubo de ensaio.
e. Transferir a solução padrão para outro tubo de ensaio e comparar as cores das duas soluções.

6. RELATÓRIO
a. Informar se a solução obtida em “d” é mais clara, de mesma coloração ou mais escura que a solução padrão.
b. Caso a coloração seja mais escura que a da solução padrão, é necessário verificar a qualidade da areia, conforme a NBR 7221.
 
Clube do Concreto | by TNB ©2010