Concreto para qual finalidade?

12 de abril de 2014

Publiquei o meu método de dosagem do concreto que é realizado em quatro passos, mas um concreto pode ser utilizado para qual finalidade? Concreto bombeado? Concreto pré-fabricado? Concreto fluido? Para qual tipo de concreto?

A técnica desenvolvida por Ken Day na Austrália resolve esta pergunta com a adoção do fator de adequação da mistura MSF (Mix Suitability Factor), Ken Day utiliza esta ferramenta até para fazer uma dosagem do concreto (requer muita cautela) .

Esta técnica é de fácil utilização em planilhas, mas o que vem a ser MSF?
MSF é uma aproximação da trabalhabilidade, ou coesão, para uma mistura de um concreto. 

Este valor está relacionado com três itens:
1) A superfície específica modificada do agregado combinado (SS- Specific Surface),
2) O fator de cimento e,
3) O conteúdo do ar.

O SS está relacionado com fatores para cada peneira com a finalidade de se fazer encontrar uma superfície combinada multiplicando este fator por cada percentual retido em cada peneira. Vejamos o seguinte exemplo com os fatores que foram baseados em sua experiência onde Ken Day tem modificado os fatores típicos usados ​​para esferas perfeitas.


Lancei também o SS para a curva de Fuller desta mistura, onde se observa a pequena dispersão encontrada na mistura. 

Em resumo: multiplicar o peso em cada peneira pelo % retido a soma e dividir por 100, a soma é o valor da superfície especifica modificada SS.

Vejamos agora como encontrar o MSF de Ken Day que tem a seguinte fórmula:

MSF = SS + 0,025 (CE) - 7,5 + 0,25 (% de ar - 1)

MSF = Mix Adequação Fator 
SS = Superfície específica modificada
CE = Consumo de cimento equivalente por m3 (em kg)

CE é simplesmente o peso acumulado dos materiais cimentícios, com cada material multiplicado vezes uma constante, ou seja,

CE = C 1 + k 1 C 2 + k 2 C 3
em que C é o peso em kg de cada tipo de material de cimento e k é uma constante que varia tipicamente 0,8-1,2 (usualmente 1,0), sendo que o valor k para a micro sílica varia entre 3 e 4.

Calculemos o valor do MSF para o exemplo, se adotando quatro consumos de cimento (meu passo 03 – correlação do fator a/c versus resistências) o DMC desta mistura é de 19 mm logo o ar aprisionado se adota igual a 2%.

TR1=541kg/m3>>>>MSF= 25.29 -7.5+ 0.025*541+0.25(2-1) =  31.6
TR2=426kg/m3>>>>MSF= 25.29 -7.5+0.025*426+0.25(2-1) =  28.7
TR3=361kg/m3>>>>MSF= 25.29 -7.5+ 0.025*361+0.25(2-1) = 27.1
TR4=286kg/m3>>>>MSF= 25.29 -7.5+ 0.025*286+0.25(2-1) = 25.2

A utilização para cada um dos quatro tipos de concreto acima é dito por Ken Day em seu livro para cada faixa de vários valores do MSF :


Logo para o traço TR1 será de boa utilização em concretos fluidos (maiores finos), e o traço TR4 será bom para concreto estrutural.

Veja o site de Ken Day onde existe diversas publicações sobre seu assunto:

Na nova planilha que venho desenvolvendo, inclui este novo conceito de Ken Day com a finalidade de verificarmos o tipo de utilização do concreto dosado.


Eng Ruy Serafim de Teixeira Guerra

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010