Amostragem do concreto

23 de junho de 2014


Controle estatístico do concreto 


Simbologia: 

f - resistência; fc - resistência à compressão; 

ft - resistência à tração; 

fcj - resistência à compressão aos j dias; 

fck – resistência característica do concreto à compressão; 

fcd - resistência característica de cálculo. 


Lembrando que fcd = fck / 1,4 (coeficiente de minoração de 40% - NBR 6118). 

Tal medida de segurança reduz os efeitos de: 
- Possibilidade de desvios nos valores característicos de materiais; 
- Erros na avaliação dos pesos dos materiais e cargas acidentais; 
- Inexatidão das fôrmas; 
- Diferença entre as distribuições previstas das cargas e a real distribuição. 


A dosagem do concreto é realizada utilizando-se a resistência de dosagem (é a resistência que deve ser adotada para se especificar a resistência à compressão desejada). É determinada por meio do controle estatístico do concreto. 

A NBR 6118 estabelece que o limite máximo de corpos de prova com resistência inferior ao fck é 5%. Utilizando-se a tabela de gauss e métodos estatísticos, tem-se que a resistência de dosagem aos j dias é igual a: 

fcj = fck + 1,65Sd 

O Sd é determinado pelo sistema de controle adotado na produção do concreto: 

- Controle rigoroso (Sd = 4,0): profissional especializado em tecnologia do concreto, traço obtido inteiramente em massa, controle de medição de água e umidade. Ex.: concretos usinados; 

- Controle razoável (Sd = 5,5): profissional habilitado permanente na obra, traço misto (cimento em massa e demais materiais em volume), bom controle de umidade; 

- Controle regular (Sd = 7,0): execução da obra sob orientação de profissional habilitado, traço misto sem controle de massa e umidade. Ex.: concretos produzidos em canteiro de obra. 

NOTA:
O coeficiente de Student 1.65 é que representa 95% de certeza, mas é seria bom ver a publicação no link abaixo onde PODEMOS E DEVEMOS alterar este coeficiente, ou pelo menos pensar no assunto...


A amostragem do concreto 

As amostras devem ser coletadas aleatoriamente durante a concretagem e representam dois corpos das mesma amassada moldados simultaneamente, tomando-se como resistência do exemplar o maior dos 2 obtidos no ensaio. Deve-se retirar uma amostra a cada 50metros cúbicos de concreto produzido (por andar). 

A amostragem do concreto pode ser: 

PARCIAL - nem toda amassada possui amostras; 
TOTAL - para toda amassada são retiradas amostras. 

O cálculo é diferenciado por tipo de amostragem, e basicamente procede da seguinte maneira: 


1- Controle estatístico por amostragem parcial 

a)- Entre 6 e 20 amostras: 

Se o valor encontrado for menor que a resistência de projeto, re-analisar os valores obtidos. 




b ) para mais de 20 amostras 



Se o valor encontrado for menor que a resistência de projeto, re-analisar os valores obtidos. 

2- Controle estatístico por amostragem total 


a) Quando o número de amostras é menor ou igual a 20, o fck estimado é igual ao fck da primeira amostra (em ordem crescente); 

b) Quando o número de amostras é maior que 20, o fck estimado é igual ao fck da 0,05n amostra (por exemplo, para n=30, 0,05n = 1,5 -> 2) 


O controle estatístico por amostragem total é mais fácil, porém requer um maior controle das amassadas e do concreto utilizado na obra. 


Este artigo pode ser visto no original:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010