Ensaios com Cilindro Espanhol

27 de setembro de 2015

Agora mais um ensaio para poder avaliar aditivos/adições o ensaio Espanhol

O equipamento que realiza os ensaios da pasta cimentícia e possibilita a avaliação (mesmo que visual), da tendência da pasta a fluidez e a segregação, foi especificamente  desenvolvido para a argamassa auto-nivelante. É importante salientar que esse ensaio ainda não foi normalizado e como qualquer procedimento sem normalização, pode haver divergências quanto às especificações e medidas.

O ensaio com o Cilindro Espanhol é semelhante ao ensaio com do Cone de Marsh e faz ao mesmo tempo um ensaio semelhante ao mini-slump, porém o Cilindro Espanhol além de necessitar de uma quantidade menor de material utilizado no ensaio, também demonstra uma sensibilidade maior na análise das características principais da pasta.

O equipamento Cilindro Espanhol foi desenvolvido por um grupo de pesquisadores e profissionais da área de argamassas na cidade de Valência na Espanha, com o propósito de avaliar a pasta auto-nivelante no estado fresco e suas características. Como nenhum equipamento específico existe para estudar o comportamento de pastas e argamassas com fluidez elevada, foi necessário desenvolver um novo tipo de equipamento que analisasse essas propriedades desse novo tipo de material.

O orifício na superfície inferior do cilindro limitado em 5,0 mm acaba restringindo esse ensaio a pastas auto-nivelantes, já que esse material requer grãos com pequenos diâmetros e uma com uma fluidez acima de uma argamassa convencional.

Na extremidade de uma das hastes de ferro é acoplado um cilindro com diâmetro da base de 60 mm e altura de 90 mm (volume de 254,34 cm²), que contém um orifício de diâmetro de 5,0 mm em sua superfície inferior, por onde irá escorrer a pasta. Dessa superfície inferior do cilindro até o recipiente completamente nivelado há uma distância de 150 mm conforme demonstra a Figura abaixo.



A Figura abaixo apresenta o cilindro espanhol na forma de perspectiva, e mostra os detalhes que o equipamento apresenta para os ensaios de pasta para argamassa auto-nivelante.


O procedimento realizado para esse ensaio consiste no preenchimento do cilindro com a amostra de pasta cimentícia e com a ajuda de um cronometro é medido o tempo de escoamento do material. O diâmetro medido em dois sentidos da pasta escoada e o tempo para esse escoamento são os parâmetros a serem analisados.


Procedimentos de execução do ensaio com o cilindro espanhol

 a) Diâmetro de abertura da pasta: o diâmetro é medido após o escoamento da pasta no recipiente necessariamente nivelado, ou seja, esse diâmetro é medido em dois sentidos ortogonais e posteriormente determinando o diâmetro médio de abertura da pasta escoada. 

Os diâmetros médios de abertura obtidos nos ensaios executados em Valência na Espanha para pastas para argamassa auto-nivelante, estão compreendidos entre 25cm e 35cm, porém essas aberturas não representam o critério único de avaliação da pasta, já que as análises visuais da segregação e das bordas da pasta escoada também representam fatores importantes a serem analisados no estudo da pasta.


b) Tempo de escoamento da pasta: refere-se ao tempo decorrido entre a saída da pasta do orifício do copo do cilindro espanhol e o seu completo escoamento. Para a medição do tempo foi utilizado um cronômetro padrão de laboratório.

c) Avaliação Visual: Refere-se a duas avaliações visuais da pasta após o seu escoamento, sendo elas a análise do aspecto da sua borda, que pode ser uniforme ou desuniforme, e a análise da segregação da mistura (separação nítida dos seus constituintes) podendo ser avaliada com ou sem segregação 

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010