Tempo de vibração

20 de janeiro de 2016

Alguns autores chegam a recomendar um intervalo de duração para a penetração da agulha na vibração do concreto e orientam para encerrá-la somente quando cessar a saída de bolhas graúdas de ar, ainda em tempo de fechar o espaço deixado pela agulha do vibrador no concreto. SILVA (1995) sugere de 11 a 30 segundos e MATTOS (1997) recomenda de 5 a 15 segundos. 

Porém, a operação de vibração deve garantir a boa mistura de agregados, não podendo ser demorada demais, para não segregar o concreto, nem muito rápida, a ponto de não proporcionar a saída do ar aprisionado, mas durar o suficiente para que a massa de concreto penetre em todos os cantos e reentrâncias da forma e envolva completamente as barras da armadura. São muitas as variáveis envolvidas para se estipular um tempo mínimo ou máximo. 

De acordo com RIPPER (1996), somente com a prática se ganha a capacidade de sentir a reação do concreto com a vibração, por isso deve-se escolher com muito critério o operador do vibrador, chamado vibradorista, que deve ser treinado, e somente ele deve ficar com esta tarefa. É errado mudar sempre o profissional ou designar qualquer operário para manejar o vibrador. 

O vibradorista deve ser a capaz de determinar o tempo necessário para o vibrador permanecer imerso no concreto e identificar visualmente o raio de vibração, assegurando um bom adensamento. Através da revisão sistemática do trabalho do vibradorista, o supervisor ou coordenador da obra devem especificar o tipo de vibrador e o tempo necessários para produzir o adensamento do concreto, sem segregação. 

Publicado em:

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010