Galpões Pré-fabricados Industriais (1)

4 de agosto de 2017





Inicio agora uma primeira postagem de uma série onde agora explicarei com detalhes nesta publicação os conceitos de elementos pré-fabricados, elementos pré-moldados, o significado de galpão, as características necessárias para um galpão.

As demais publicações tratarei de cada elemento pré-fabricado básico que compõe um galpão industrial, piso industrial, como fazer o seu dimensionamento estrutural, o que compõe o seu projeto estrutural entre outros. Moldes e processos também serão descritos.

Em suma, tudo o que for necessário para se entender o trabalho de um calculista de obras industriais... Essa é hoje a minha principal atividade trabalhando em uma grande empresa para pré-fabricados de obras industriais e dando consultoria a diversas empresas do ramos de pré-fabricados. 

Se você se interessar em conversar comigo sobre projetos, layout, processos produtivos, concreto e até sobre a área comercial e financeira é só passar um e-mail para: 

 Clubedoconcreto@gmail.com


Que tal agora se distinguir um elemento pré-fabricado e um elemento pré-moldado:


- Elemento Pré-fabricado é um elemento pré-moldado produzido em escala industrial, mesmo em instalações temporárias em canteiros de obra, obedecendo a manuais e especificações técnicas, por pessoal treinado e qualificado, sob condições rigorosas de controle de qualidade, inclusive em laboratório, identificados individualmente ou por lote.

- Elemento Pré-moldado é um elemento executado fora do local de utilização definitiva na estrutura, produzido em condições menos rigorosas de controle de qualidade, mas sujeito à inspeção do próprio construtor.

Qualquer dúvida que ainda tenha é só consultar a norma da Associação Brasileira de Normas Tecnicas ABNT de numero NBR9062. 


Significado de Galpão – Wikipédia, a enciclopédia livre:



Galpão ou barracão é um espaço amplo sob a mesma cobertura, geralmente utilizado como depósito de carros, materiais e outros produtos industriais. Os galpões podem ter estrutura de madeira, metálica, concreto, cantaria, alvenaria etc.

Segundo o site http://galpaoeficiente.parquetorino.com.br/  são 7 as características essenciais de um galpão de armazenamento, estas são logo abaixo descritas.


O bom andamento da logística de uma empresa, na maioria das vezes, acaba sendo muito dependente da estrutura do local onde ficam armazenados seus estoques. Dentro de um depósito de armazenamento, para se controlar tanto o acervo quanto as circulações necessárias para preparar e empilhar as mercadorias, muitas coisas devem ser consideradas, com o objetivo de se otimizar processos, evitar trabalhos supérfluos e contornar as perdas de materiais. Quer descobrir agora mesmo algumas dessas características essenciais para que se tenha um galpão de alta qualidade? Então confira:

Pé-direito alto

A medida chamada de pé-direito corresponde à distância entre o pavimento inferior, o piso, até o teto. Se um galpão tem um pé-direito alto, terá boa ventilação, já se o local for mais baixo, oferecerá uma dispersão térmica muito fraca, tornando-se muito abafado e quente.

O ideal é que um galpão para armazenamento tenha um pé-direito de 10 a 15 metros livres, de modo que atenda bem à acomodação das mercadorias empilhadas. Uma altura desse porte possibilita a boa disposição dos porta-pallets, permitindo uma boa verticalização do espaço para armazenar vários tipos de carga, facilitando o rápido acesso por parte dos funcionários e das empilhadeiras.

Boa resistência do piso

O nível de carga envolvido nas circulações exige que o piso do galpão suporte as mercadorias armazenadas sem rachar ou correr risco de desmoronamento. O ideal é que o piso industrial apresente a capacidade mínima de suportar 6 toneladas por metro quadrado, aguentando bem não só a carga distribuída, mas também a movimentação das empilhadeiras, de outras máquinas e, obviamente, das pessoas.

Excelente iluminação

O galpão precisa ter uma iluminação bem estruturada, que possibilite a melhor visualização de todas as mercadorias armazenadas e atividades a serem realizadas no ambiente. Melhor ainda se for possível aproveitar a luz natural, com a aplicação pontual de telhas translúcidas na cobertura, que deixam passar a claridade solar.

Possibilidade de cross-docking

O sistema de cross-docking admite um abastecimento facilitado e uma maior rapidez na expedição dos produtos de dentro do galpão, já que o sistema cross-docking permite que as mercadorias cheguem por um lado e sejam retiradas pelo outro flanco, diminuindo o tempo de circulação dos itens dentro do processo logístico implementado.

Extensa área de pátio

O volume de estocagem é diretamente influenciado pelo pé-direito e pelo tamanho disponível no galpão, considerando-se sua largura e seu comprimento. Maiores dimensões acomodam uma maior quantidade de itens, permitem um melhor controle do estoque e possibilitam uma circulação otimizada, mais dinâmica.

A área aproveitável do galpão é relacionada, ainda, com o número de docas instaladas e o acesso para as carretas, entre outras facilidades possíveis. Vale ressaltar que a área de pátio ideal varia de acordo com a demanda, existindo no mercado extensões que vão de 4 mil metros quadrados até algumas dezenas de milhares de metros quadrados.

Sistema de combate a incêndio

Um galpão bem planejado deve, obrigatoriamente, comportar um sistema de combate a incêndios, para oferecer uma maior proteção dos produtos e maquinários ali estocados. Tal precaução oferece maior garantia às mercadorias e reduz eventuais prejuízos materiais.

Os galpões que possuem grandes vãos livres são legalmente obrigados a contar com um sistema desses, com o uso de dispositivos como sprinklers, além da boa sinalização do ambiente e da colocação de extintores de incêndio em locais estratégicos.

Estacionamento suficiente

Os serviços de um galpão de alto nível não se resumem ao que ocorre apenas em seu interior. Assim, eles devem apresentar, por exemplo, um estacionamento adequado para comportar veículos de pequeno e de grande porte, incluindo rampas de acesso para o piso da área de depósito.

Aguarde mais outras publicações deste assunto

Eng Ruy Serafim de Teixeira Guerra

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010