"A" Fabrica (1)- Inicio

11 de fevereiro de 2014


Muitos me perguntam sobre o que é "A" Fabrica. Vou tentar explicar o que aprendi e venho aprendendo ao longo destes meus 35 anos de concreto e pré-fabricados de concreto.

Hoje mesmo na empresa em que trabalho, me perguntaram se uma empresa seria vencedora se esta tivesse um baixo custo de produção com um Lay-Out bem otimizado. Minha resposta foi e é NÃO.

Uma fabrica não depende somente de seu quadro técnico ser eficiente e também não depende de um ótimo Lay-Out. Existem diversos setores em uma indústria e estes setores devem ser COESOS ou seja serem sinérgicos, devem estes setores somar 1+1 e ser maior do que 2.

Mas que setores são estes. É lógico que temos o setor Administrativo, o setor Financeiro, o setor Comercial. Todos devem agir sinergicamente. Mas o que é sinergia??

Veja aqui uma publicação que fiz logo que iniciei este site:

Deve haver um COMPROMISSO de cada um com todos, não é só fazer cada um a SUA PARTE. Deve-se procurar encontrar caminhos coesos para tudo que se faz no dia a dia. Cabe ao Diretor Presidente da empresa fazer com que esta sinergia seja sempre alcançada, deve o Presidente escolher os membros para serem capazes em sua equipe, cabe também fazer com que estes membros sejam reconhecidos e alavancados com "elogios" e fazer com que estes membros sejam sintam-se no próprio ambiente familiar do Presidente, é uma extensão de sua CASA.

Não conheci nenhuma "A" Fabrica até hoje. Conheci sim "juntando" diversas fabricas para se chegar na Fábrica. 

Mas qual é o COMPROMISSO de cada um com todos?? E afinal para que isso?? 
A resposta é: PLANEJAMENTO.


Deve-se procurar obter um PLANEJAMENTO por OBJETIVOS, sejam estes para o setor produtivo, para o setor comercial ou mesmo administrativo. Sem avaliação, não há ação para que se possam ter aperfeiçoamentos dando rumo a atividade da indústria, que deve estar totalmente voltada para uma apurada contabilidade de custos.

Mas, para que realizar OBJETIVOS? Todo e qualquer objetivo deve ter como principal fim, ser uma busca do resultado, ou seja, da lucratividade.

Com a lucratividade se geram novos investimentos, que são utilizados para ampliação do parque fabril ou como uma busca de redução de custos de fabricação, ou mesmo outros fins.

Logo, uma venda irá gerar uma receita que diminuindo das suas despesas geram um lucro que vão gerar novos investimentos (para se obter custos mais baixos) que geram novas receitas com lucratividade maior que a inicial, assim se maximiza cada vez mais o capital investido.

Planejar significa elaborar todas as atividades com seus objetivos estes devem ser claros a todos que neles participem e com métodos e meios que possam ser alcançados. Estes meios é que devem ser procurados e listados para tomadas de decisão por cada líder de seu setor.

Veja mais aqui sobre planejamento: 

Fim desta parte um.

Eng Ruy Serafim de Teixeira Guerra

















0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010