Limite de dosagem de superplastificante (parte-1)

4 de setembro de 2015

Vou publicar em várias partes um trabalho para Determinação do limite de dosagem de superplastificante por I. B. Muhit  

Não adianta utilizar teores de aditivo além de certos limites, e estes limites são...leia as publicações por completo para entender e se aperfeiçoar.

Este material de excelente qualidade foi fornecido por Ronit de Maputo em Moçambique, obrigado por compartilhar este material.




Os Superplastificantes são comumente conhecidas comumente de redutores de água de alta gama porque permite a utilizações de concretos com baixos consumos de água , bem como a trabalhabilidade do concreto também é afetada, melhorando.

Nas últimas décadas foi o superplastificante que criaram um marco no avanço de aditivos químicos para concreto de cimento Portland. Tem-se estudado o efeito dramático dos superplastificantes (SP) nas propriedades do concreto fresco e endurecido e nas propriedades do concreto é verificada a resistência à compressão e o teste de queda, o Slump Test.

Para determinar qual seria a dosagem ótima para a mistura, uma investigação experimental deve ser realizada juntamente com o efeito de mais ou menos uma utilização do aditivo na sua dosagem em uma mistura experimental, tudo deve ser feito juntamente com um controle misto que será visto posteriormente.

A viscosidade da argamassa e a trabalhabilidade é bastante influenciada pela dose de super-plastificante.

A partir de dosagens do superplastificante na mistura, ou seja com vários percentuais que forma utilizados de 400 ml / 100 kg, 600 ml / 100 kg, 800 ml / 100 kg, 1000 ml / 100 kg e 1200 ml / 100 kg de cimento. Para uma dosagem de 1,0% de SP, a resistência à compressão é melhorada após 28 dias de cura bem mais do que a da amostra de controle, como será visto logo adiante.

 Este trabalho mostra que, a quantidade óptima de mistura deve ser de 1,0% para o caso deste estudo. Apesar de que a dosagem de SP encontrada para modificar as propriedades do concreto mas ouve uma indicação de menor resistência à compressão par este percentual.

1. INTRODUÇÃO

Na recente década o concreto de Alto Desempenho (HPC), um novo prazo tornou-se muito atraente para os profissionais de engenharia civil e os cientistas materiais deste sector. HPC possuem maior trabalhabilidade, resistência mais elevada, e um alto módulo de elasticidade, maior densidade, maior estabilidade dimensional, baixa permeabilidade e com resistência ao ataque químico.

HPC tem sido cada vez mais aplicados na construção edifícios altos, bem como na construção de pontes e estruturas off-shore. Em conjunto com a HPC cimento, cinzas volantes, escória, agregado grosso, agregado finos um dos parâmetros mais importante é Superplastificante (SP).

Durante os últimos 35 anos, o avanço mais importante em concreto foi a tecnologia para a utilização de superplastificantes. Os superplastificantes constituem uma categoria relativamente nova, bem como melhorou a versão do plastificante. O método convencional é o de obter maior capacidade de trabalho e está melhorando a gradação do teor de cimento. Mas cria dificuldades em campo para um determinado conjunto de condições. É por isso que no local do campo a maioria dos casos vem-se utilizando um teor de água extra que certamente pode fazer um monte de danos em resistência e durabilidade de concreto. Neste caso os superplastificantes são a solução final o SP é para reduzir a necessidade de água para fazer o concreto de maior trabalhabilidade ou concreto fluido, agora o mundo todo tem usado o SP para quase toda a estrutura de concreto armado e até mesmo para o concreto massa.

De acordo com as normas ASTM C-125-97a, SP é uma mistura de um material que é usado como um ingrediente do concreto ou argamassa exceto cimento hidráulico, água e agregados. É acrescentado ao lote imediatamente antes ou durante a mistura. De acordo com Yamakawa, tanto no estado fresco e endurecido, a utilização de SP terá aceleração significativa & efeitos sobre as propriedades do concreto. Devido à redução da água / cimento ou conteúdo de água de concreto, no estado fresco a dosagem e a utilização de superplastificantes reduzirá normalmente tendência a sangramento. A ação de SP é principalmente a fluidez, misturar e melhora a trabalhabilidade do concreto ou argamassa.


O superplastificante vai prolongar o tempo de endurecimento do concreto, se a razão água / cimento é mantida. Devido mais a água que está disponível para lubrificar a mistura. Para produzir mais denso o concreto, através do aumento da eficácia da compactação do uso de superplastificante irá aumentar a força de compressão no caso do concreto endurecido. Se o concreto é retido no estado líquido por um período maior o risco global de retração por secagem pode ser reduzido em grande medida. Mais importante ainda, se SP está presente, a relação água / cimento é reduzido e resulta lenta taxa de carbonatação.


0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome/URL, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010