O Que É Concreto Celular? e como fazer....

7 de fevereiro de 2018

ecopore_blocks_balance-245x175


– Concreto Celular é geralmente definido como um material cimentício de baixo peso, que contém células estáveis ​​de ar uniformemente distribuídas por toda a mistura, numa quantidade superior a 20%. Os materiais cimentícios envolvem as bolhas de ar, então se dissipam deixando uma estrutura vazia como um substituto dos agregados tradicionais.

– A maioria dos concretos convencionais são produzidos numa faixa de densidade próxima de 2400 kg por metro cúbico. Na última década assistiu a grandes avanços no campo de concretos densos e fantásticas resistências à compressão de concreto, obtidas por novos projetos de traços. No entanto, o concreto convencional tem alguns inconvenientes. É pesado, difícil de trabalhar, e após sua cura, não pode ser cortado ou ter algo preso em si, sem alguma dificuldade ou uso de ferramentas especiais. Algumas queixas sobre o assunto incluem a percepção de que ele é frio e úmido. Ainda assim, é um material de construção notável – fluido, forte, relativamente barato e ambientalmente inócuo, além de estar disponível em quase todas as partes do mundo.
– O Concreto Celular começa numa faixa de densidade de menos que 300 kg/m3 a 1800 kg/m3. Tem sido feito tradicionalmente com uso de agregados leves, tais como xisto, argila e vermiculita expandidos, pedra-pomes, e escória entre outros. Cada um tem suas peculiaridades de manuseio, especialmente os agregados vulcânicos que necessitam de um cuidadoso acompanhamento da umidade, sendo difícil de bombear.
– A redução do peso e densidade, produz alterações significativas que melhoram muitas propriedades do concreto, tanto na entrega como na sua aplicação. Embora isto tenha sido realizado principalmente por meio da utilização de agregados leves, desde 1960 várias espumas pré-formadas foram adicionadas à mistura, reduzindo ainda mais o peso.
– As misturas bem mais leves (de 300 kg/m3 a 800 kg/m3) são produzidas muitas vezes utilizando-se apenas espuma, água e cimento; eliminando-se a areia e outros agregados, sendo até chamados de “concreto celular flutuante”. O ar retido assume a forma de pequenas bolhas, com dimensões milimétricas, homogêneas, uniformemente distribuídas, estáveis, incomunicáveis e indeformadas ao fim do processo na mistura de concreto.
– Hoje em dia, as espumas disponíveis possuem um elevado grau de compatibilidade com muitos dos aditivos utilizados atualmente nos modernos traços de concreto. A espuma utilizada com agregados leves e/ou aditivos, tais como cinzas volantes, sílica, fibras sintéticas de reforço, e a enorme faixa dos redutores de água (chamados de superplastificantes), têm produzido um novo híbrido de concreto chamado de “materiais de concreto leve”.
– Para a maioria, a implementação de um projeto de Composição Leve e Construção utiliza a tecnologia existente. Sua singularidade, porém, é o novo desenho na combinação de vários campos de uma só vez: arquitetura, projeto de mistura química, engenharia estrutural e a aplicação de concreto.


Tipo de ConcretoDensidade
Concreto CELULAR   400 a 1.600 kg/m3
Concreto LEVE1.600 a 1.900 kg/m3
Concreto CONVENCIONAL2.300 a 2.500 kg/m3
veja na página abaixo as informações desse produto  ECOFOAM – AIR / MIX e abaixo o seus traços


Materiais utilizados em estado seco, sem umidade
Tipo de UsoNão EstruturalEstrutural (c/ fibras)C. Normal
Densidade Seca – kg/m340060080010001200140016002350
Areia (kg)21040056075095011001950
Cimento (kg) +/-300310320350360380400320
Água na Massa (L) +/-110110120120140150160180
Qtd de Espuma (L) +/-800715630560460370290
Água na Espuma (L) +/-58524641332721
Densidade Úmida (kg/m3)47468789010751287151016832400
Resistência (N/mm2)~ 1~ 2~ 3~ 46 – 810-1216-18> 25
Lambda Média (W/m . K)0,0961,180,210,320,4050,450,552,10

veja seu site tem muitas explicações de diversas dúvidas


0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são muito bem vindos e importantes, mas assine com seu Nome, onde trabalha e de qual estado/cidade você é.

 
Clube do Concreto | by TNB ©2010